quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

BARRIL



Por Manoel Trajano
Final do ano passado aprendi uma nova expressão que dizia assim"fulano é barril" e ao descobrir seu relato tornou-se uma tônica em resumir meu latim quando eu quisesse me referiar a alguem problemático,ou que poderia dar dor de cabeça. Barril esse não de cerveja mas de pólvora mesmo,ou seja,carga explosiva com efeitos colaterais devastadores num raio de distância que dependeria de seus componentes ou o seu conteúdo.
Brincadeiras a parte com alguém bem especial,se tornou gesto de carinho que deixava a pessoa horrorizada só de lembrar,mas seguido sempre de risadas e descontração a ponto de quase parafrasear Waldick Soriano dizendo "Eu não sou Barril não..."e ao longo de um ano devolvendo"Barril é você...rssss".
Confesso que eu e a torcida do Flamengo,em homenagem a essa grande(literalmente)torcida que está em festa por mais um merecido título de campeão brasileiro da primeira divisão,temos um pouco ou muito de barril,com nossas manias,limitações,extravagâncias muitas vezes reprimidas e que de vez em quando explodimos muitas vezes sem pensar e nos arrependemos depois. É normal e o processo da mansuetude de coração depende de vigilância diária e initerrupta. Em tempos de pagode que cantam "ela é problemática"fazendo alusão aquelas mulheres que dão dor de cabeça,cobram muito,sufocam o cara e a relação,e a recíproca é verdadeira por parte dos homens,está-se tornando cada vez mais difícil tentar um relacionamento estável hoje em dia devido a enorme carga de insegurança,ansiedade,desconfiança,efemeridade e angústia na satisfação de nossas projeções,quando não acontece o contrario,os aventureiros das relações nos primeiros meses resolvem se juntar achando que o outro é sua alma gêmea ou porto seguro,sem sequer passar pela fase de estágio,ou como dizia uma antiga ex-namorada,período de carência dos 3 meses. Nada contra quem se arrisca,as vezes se tem sorte e dá certo,mas as estatísticas dizem algo bem diferente,tal como na ultima pesquisa feita em 2007 que de 55.000 casamentos nos ultimos 3 anos no país houveram 11.000 divórcios(obviamente que não necessariamente os mesmos que se juntaram),ou seja 1 separaçao para cada 5 trouxinhas juntadas.
Outra forma equivocada de se achar que vai dar certo é nas baladas. Segundo os psicologos, 5% das relações que começam ali,dão certo.Porque as referencias são outras,mas quem sabe voce pode estar nos 5%,afinal se o Fluminense/RJ conseguiu contrariar as estatisiticas de que a 10 rodadas atras(de um total de 38) e se manter na primeira divisão do futebol brasileiro,quando tinha 98% chance de cair,todos nós podemos superar com esforço,força de vontade,reforma íntima e contrariar as tendências para o bem das relações e é com elas que mais crescemos e aprendemos.
Que tal aplicarmos a velha prática de contar até 3,10,100,1000 e respirarmos fundo e praticarmos a paz interna e consequentemente a externa antes do primeiro ato seja verbal ou físico.
Que possamos explodir de saúde,felicidade,alegria,respeito,amor,perdão e auto perdão liberando-nos dos lixos mentais que acumulamos diariamente para plasmarmos uma vida mais saudável e tranquila. Atraímos o que emanamos pelo nosso psiquismo,palavra diferente e bonita mas é como chamamos nossa antena mental e sua estrutura,sua potência e principalmente sintonia dentro da alta ou media frequencia(FM e AM,respectivamente).
Que sejamos barris de petróleo,ouro negro,cheios de valor,não no capitalismo selvagem mas de elevação espiritual,cientes de nossas imperfeiçoes mas esforçados no plantar da semeadura do bem regando o jardim diariamente,não com a viscosidade sufocante do mesmo,mas com a pureza de uma água límpida e cristalina de vida e natureza singela.
Barril no seu sentido de conteúdo mas não na forma que sejamos saudáveis,estudiososos e moralmente ricos perante a vida e seus obstáculos que impulsionam a lei do progresso pela resignação e humildade,paciencia e simplicidade,esforçando-se dia-a-dia e confiando neste Barril de raio infinito chamado Universo que nos contém representado pela presença constante e amorosa do Pai Celestial.
Homenagem aos meus colegas,amigos e Irmãos de Luz Glória e Neto com os quais tanto me ensinam no convívio diário.

Um comentário:

Anônimo disse...

Obrigada barrilzão!!!!kkkkkkkk

bjs

PARA PARTICIPAR DO GRUPO NO YAHOO GRUPOS:
Assinar irmaosdeluz

Desenvolvido por br.groups.yahoo.com