domingo, 31 de julho de 2011

A OBSESSÃO ESPIRITUAL ATIVANDO O EIXO HIPOTÁLAMO,HIPÓFISE E A GLÂNDULA SUPRA-RENAL



Fonte:www.consolador.com.br
CrÃ?nicas e Artigos
Ano 2 - N° 70 - 24 de Agosto de 2008

EDUARDO AUGUSTO LOURENÇO
eduardoalourenco@hotmail.com
Americana, São Paulo (Brasil)

A obsessão espiritual ativando o eixo hipotálamo, hipófise
e a glândula supra-renal

"O Espírito humano desencarnado, erguido a novo estado de consciência, começa a elaborar recursos magnéticos diferenciados, condizentes com os impositivos da própria sustentação, tanto quanto, no corpo terrestre, aprendeu a criar, por automatismos, as enzimas e os hormÃ?nios que lhe asseguravam o equilíbrio biológico, e, impressionando o paciente que explora, muitas vezes com a melhor intenção, subjuga-lhe o campo mental, impondo-lhe ao centro coronário a substância dos próprios pensamentos, que a vítima passa a acolher qual se fossem os seus próprios"... (Evolução em Dois Mundos. André Luiz)


Há um ditado popular muito antigo que diz: "Dize-me com quem andas e eu te direi quem tu és". As nossas companhias, hábitos e condicionamentos indicam as nossas tendências, as nossas preferências e a forma de vida que gostamos de levar.

As afinidades se atraem como uma perfeita sintonia: amigos que compartilham das mesmas experiências, mulheres que se entrelaçam na mesma rotina, homens que se afinizam pelos mesmos gostos e práticas, procurando saciar sua sede instintiva em ambientes sedutores.

Enfim, homens e mulheres buscam aquilo que gostam de fazer, sintonizando-se com as mentes desencarnadas como hipnose profunda. Viram parceiros íntimos que se ligam uns aos outros pelos pensamentos, sentimentos e gostos. O algoz acopla-se na vítima por cordões fluídicos sutis, invadindo o corpo espiritual do indivíduo, despeja todo o seu comando mental em forma-pensamento por neurÃ?nios perispirituais.

Estes chegam à glândula pineal física da vítima em forma de ondas impregnadas de sentimentos inferiores (de ódio, de ira e a falta do perdão) e com pensamentos (de vingança, de orgulho e de maldade), anulando a fabricação de serotonina no organismo físico (o hormÃ?nio que nos gera o bem-estar).

A mediunidade sendo um atributo natural e biológico do ser humano capta o campo eletromagnético do desencarnado pela sintonia vibratória (emitente e receptor).

Exatamente como ocorre com a pedra galena (que recebe as ondas emissoras de acordo com a faixa em que emite), a pineal também faz a mesma função desta pedra; esta glândula é um aparelho de alta sensibilidade transformando as ondas recebidas em estímulos eletroneuroquímicos.

Estas ondas espirituais maléficas mexem com o sistema autÃ?nomo da vítima, com descargas elétricas de altas doses de adrenalina, acelerando o ritmo cardíaco e aumentando a pressão arterial. A vítima, por afinidade, acata como se fosse seu este pensamento, então, ordena aos sentidos físicos registrarem e produzirem todos estes hormÃ?nios em abundância.

Desgastando e enfraquecendo a vítima, subjuga-lhe a casa mental, aprisionando o ser atordoado num emaranhado de transtornos mentais. Sendo alvo de vexames escandalosos, se desmontam no ridículo, tornando-se vítimas dos próprios hábitos, pensamentos e sentimentos.

Por este mesmo eixo que coordena e mantém a manutenção do corpo físico, os obsessores atuam desorganizando as engrenagens da máquina física.

Comandando as funções do hipotálamo e tálamo, via neurÃ?nios, ordenando os nervos simpático e parassimpático, sob influência mental automática. A ordenação de aceleração (fabricação de hormÃ?nios) e desaceleração, em ritmo frenético, leva o indivíduo às raias da loucura. As glândulas supra-renais, também, são vítimas de Espíritos vampirizadores. Quando a ligação se faz no chakra esplênico, esgotam a vitalidade do indivíduo, sugando-lhe os hormÃ?nios indispensáveis à vida.

A vítima vai definhando pelo descontrole do seu metabolismo interno e, além da irritação do órgão, causa uma superprodução de adrenalina, pelo simples fato do obsessor deixar sua vítima constantemente em estado de alerta, deixando-o em pânico e angustiado. Cria-se uma batalha íntima, então, quando o ser já está com os nervos em frangalhos, perde o comando da própria consciência (córtex frontal) que controla as regiões sensíveis do centro coronário, pois, é lá que se encontra o governo das excitações motoras e reflexos da alma (diencéfalo).

Assim, vemos as doenças geradas pelas obsessões, a guerra dos pensamentos negativos. A ansiedade devorando o íntimo, o nervosismo a flor da pele. A fadiga excessiva, o abatimento mórbido e a falta de vontade para reagir são as batalhas a serem vencidas.

Geram também os famosos transtornos, como: a depressão que traz a insatisfação na alma, a síndrome do pânico que deixa em regime de medo e o TOQ (transtorno obsessivo compulsivo) que se prende a manias e fobias, escravizando o ser em rituais paranóicos e bizarros.

Os irmãos desencarnados, presos ainda à matéria grosseira, se alimentam através dos seus afins com aquilo que deixaram na Terra. O planeta encontra-se povoado destas almas que não conseguiram entender a mensagem do "Cristo".

A grande maioria dos encarnados serve de instrumento destes Espíritos pela simbiose espiritual, a saciar os prazeres deixados na Terra, e que agora compartilham pelas afinidades.

Somos sempre responsáveis por nossa casa mental. Se existe a obsessão é porque houve a permissão e aceitação da nossa parte. Nenhum obsessor coloca uma idéia em nossa mente se não tiver a reciprocidade. Assumir o que é, procurando se melhorar, aceitar a condição sem acomodar-se, esforçar-se na conduta reta procurando sempre se colocar no lugar do próximo são procedimentos positivos de controle e comando da vida, nesta nova existência, para avançar no caminho da evolução.

Amar a si mesmo e conseqÃ?entemente amar o seu próximo, fazendo a ele o que gostaria de receber, principalmente, a prática da caridade, é a prevenção contra a auto-obsessão e a obsessão espiritual.



3 coisas que TODOS necessitamos ter dentro de NÓS


 

 

 
TRÊS COISAS...
[]
Três coisas na vida que depois de passarem não voltam
1. Tempo
2. Palavras
3.
Oportunidades
Três coisas que podem destruir uma pessoa
1. Raiva
2. Orgulho
3.
Não perdoar
Três coisas que nunca devemos perder
1. Esperança
2. Paz
3. Honestidade

Três coisas que são valiosas
1. Amor Verdadeiro
2. Familia

3.
Amigos
Três coisas que nunca podem ser dadas como certas
1. Fortuna
2. Sucesso
3. Sonhos

Três coisas que fazem ser uma pessoa digna
1. compromisso
2. Sinceridade
3. Trabalho honesto

Três verdades constantes
-
Pai - Filho - Espirito Santo

[]

Pedi a Deus que te abençoasse hoje e sempre;
que te guie e proteja, ao longo da tua caminhada.
O Amor de Deus está sempre contigo,
As promessas de Deus são verdadeiras.
E quando Lhe entregas todos os teus problemas,
Tu sabes que Ele os resolverá.


Deus te abençoe!

[]

 


 
 
 
 
 


Conheço-te



 
Conheço-te!

Conheço  teu medo, a  tua felicidade e  os teus sonhos. 

Conheço  tua estrada e  sei exatamente o  teu destino.

Conheço-te  por  dentro... 

E  sem que tenhas  que me pedir, 

Eu  entendo  o que queres.

 Conheço o  teu sorriso, 

E  sei tudo que está  dentro do teu coração. 

Conheço  e te reconheço em  qualquer lugar...

Sei  do teu amor, da  tua saudade. 

Sei  dos sonhos que  movimentam a tua vida 

E  sei  da esperança que  te faz lutar.

 Amo-te  pelo que és, e para mim, és um ser valioso. 

Amo-te, mesmo  quando perdes a  confiança em Mim. 

Amo-te, mesmo  sem saberes...

 Acompanho-te  desde sempre!

Estou  ao teu lado mesmo  quando pensas que  te abandonei... 

Vibro  em cada minuto da  tua felicidade. choro  com cada lágrima tua, sofro  com toda a tua  dor e  te estendo as mãos  a todo momento.

 Embora  muitas vezes teimes  em não me pedires  ajuda, mesmo  assim, continuo  a te proteger... 

 
Conheço-te e  sei que és muito  especial, como  é especial cada filho  Meu, cada  um com as suas  diferenças.
 

Ainda  assim o meu Amor é incondicional, e  este é o maior  Amor do mundo! 

Conheço-te... porque  eu te criei! 

Aquietai-vos,  e sabei que  Eu sou Deus – Salmo 46,10

 
 
 
 

 

Alma


 

 

Valores

 

"Humildade e respeito adicionam cortesia e polidez ao comportamento das pessoas no trabalho. Amor e boa vontade transformam a atitude e deixam as pessoas mais cooperativas, gentis e compreensivas. Honestidade e integridade são as principais armaduras contras os ataques externos. Sentimentos de que o mundo é como uma família e relacionamentos com os outros como se fossem irmãos são aspectos fundamentais na resolução de conflitos. Todos esses valores aumentam a eficiência das pessoas no trabalho porque elas se percebem como tutores a também se importam com o bem-estar de todos."

BK Jagdish

 

 

 

Links – BK Brasil:

           

 

Meditações, Palestras e Artigos

clique aqui

 

        Conheça também:

Editora BK  |  Outras mensagens

 

*

Para indicar o recebimento dessas mensagens a um colega, por favor sugerir que acesse

www.bkumaris.org.br/cadastro

**

A Organização Brahma Kumaris

 respeita sua privacidade.

 Caso você não deseje mais receber as mensagens, por gentileza favor enviar email para mensagens@bkumaris.org.br escrevendo "EXCLUIR" na linha de assunto, ou clique aqui.

 

 


sábado, 30 de julho de 2011

Atendimento em Psicoterapia com preços populares (Salvador-Bahia)





Informamos que estão abertas as marcações de consultas para atendimento em Psicoterapia,  na Clínica Hólon  Psicologia - do Instituto  Hólon em parceria com o Instituto Junguiano da Bahia (IJBA), situada no Pituba Parque Center - Sala 131A, Itaigara, destinadas a pessoas de menor poder aquisitivo.
Os interessados deverão entrar em contato com as recepcionistas Manuela ou Meire, pelos telefones de números 3351-7156 ou 8707-1241, no horário das 08:30 às 12:00 h. e das 14:00 às 19:00 h.
As consultas terão início em  15  de agosto de 2011.
Solicitamos divulgar este serviço de cunho social.


Att

ALPeixinho
 



ENCONTRO COM DR.SEVERINO CELESTINO-DIA-12.08.11-SEXTA FEIRA NA FEEB-IGUATEMI



Evento: ENCONTRO COM DR.SEVERINO CELESTINO-DIA-12.08.11-SEXTA FEIRA NA FEEB-IGUATEMI
Local:
Horário: Sexta-feira, 29 de Julho de 2011 / 16:54 - 16:54
Participantes: semente.luz@hotmail.com, trajanomanoel@gmail.com

Notas:

Amigos do Semente de Luz,

Comunicamos a realização do seminário Analisando as Traduções Blibicas com Dr. Severino Celestino(PB),que será realizado dia 12.08.11(sexta-feira) na Federação Espírita do Estado da Bahia(sede-Iguatemi).
Muito obrigado por divulgar este evento.
Muita Paz.


SEMINÁRIO ANALISANDO AS TRADUÇÕES BIBLICAS
COM DR. SEVERINO CELESTINO
DATA:12 DE AGOSTO DE 2.011(SEXTA FEIRA)
LOCAL:FEEB-IGUATEMI
HORÁRIO: 19:00-22:00
INFORMAÇÕES:71-3359-3323
OBS:ENTRADA FRANCA
www.feeb.com.br

Professor Severino Celestino

Professor Severino Celestino

PROFESSOR, PESQUISADOR E ESCRITOR

O Dr Severino Celestino da Silva, estudioso de línguas antigas e profundo analista do livro mais lido pela humanidade, a Bíblia. O ilustre professor é graduado em Odontologia, com especialização em Periodontia, mestrado em Clínicas Odontológicas pela Universidade de São Paulo e doutorado em Odontologia Preventiva e Social pela Fundação de Ensino Superior de Pernambuco.

É Professor de Ensino Superior na Universidade Federal da Paraíba. Ex-seminarista,é pesquisador do hebraico e das religiões, principalmente o judaísmo, base de todas as religiões cristãs. Sempre estudou a essência e conteúdo divinos da Bíblia em sua língua original, o hebraico.

Espírita há mais de 20 anos, estudou toda a obra de Kardec e pesquisadores contemporâneos, relacionando o Espiritismo com a Bíblia, com respeito e conhecimento.

Escreveu o livro "Analisando as Traducões Bíblicas" e outro livro, mais recente, mas tão importante quanto o primeiro, analisa a sublime e consoladora mensagem de Jesus. É o livro "O Sermão do Monte", naturalmente relativo ao famoso discurso proferido por Jesus aos ouvintes da Galiléia, da Judéia, de Jerusalém, de Decápolis e de além Jordão, trazendo os mesmos aspectos de tradução direta dos textos hebraico e grego, que o Dr Severino conhece tão bem. São livros que nos ligam ao pensamento de Jesus, e portanto, ao ideal do Bem, que sem dúvida nos concilia com o Cristo. Os direitos autorais dessas obras são revertidos para as obras assistenciais do Núcleo Espírita Bom Samaritano, em João Pessoa - Paraíba.

O professor Severino Celestino da Silva é ainda o apresentador do programa "Abrindo a Bíblia" pela
Rede Boa Nova de Rádio. O professor Severino tambem apresenta o programa "Abrindo a Biblia" na TV Mundo Maior. Assista aqui.







http://youtu.be/KnmNr8_HulU





sexta-feira, 29 de julho de 2011

Tradição e modernidade no Festival da Cultura Japonesa de Salvador



Tradição e modernidade no Festival da Cultura Japonesa de Salvador

O V Festival da Cultura Japonesa – XX Bon Odori tem um motivo especial em 2011. A Associação Nipo-Brasileira de Salvador (Anisa) vai homenagear as vítimas do tsunami no Japão.  O evento acontece nos dias 27 e 28 de agosto (sábado e domingo), na sede da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), em Piatã, das 10h às 23h.

O Bon Odori, festa religiosa de tradição budista, faz uma homenagem às almas dos antepassados. Apesar de análogo ao Dia de Finados, os japoneses fazem a reverência com músicas alegres, dançando em rodas iluminadas com inúmeras lanternas e ao som de Taikô (instrumento de percussão japonês).

Neste ano, a decoração do festival será pela primeira vez tematizada. O Origami (arte da dobradura em papel) foi o tema escolhido e enfeitará todo o espaço. O tsuru – ave que simboliza vida longa – será uma das figuras utilizadas. No Japão, costuma-se dobrar mil tsurus de papel e enviar a pessoas doentes para a sua recuperação.

Atrações inéditas - Nesta edição, o festival promove apresentações inéditas de Shamisen (instrumento musical de três cordas) de Okinawa e Yosakoi Soran – dança baseada em apresentações folclóricas do Japão, com novos arranjos e uma mistura de instrumentos típicos japoneses a guitarras, baterias e teclado, com compasso mais acelerado e ritmos contemporâneos, como de pop, de rock e até de hip-hop.

O evento reúne ainda comidas, artes marciais, religiões, sumô, matsuri dance, além de oficinas de origami, shodô (escrita japonesa a tinta), bonsai, culinária e mangá. Nos estandes, também serão comercializados artigos japoneses – como produtos alimentícios, vestuário e decoração.

Em 2010, mais de 50 mil pessoas participaram do Festival da Cultura Japonesa – XIX Bon Odori, realizado nos dias 28 e 29 de agosto.

SERVIÇO

O quê: V Festival de Cultura Japonesa / XX Bom Odori

Quando: 27 e 28 de agosto (sábado e domingo), das 10h às 23h

Onde: Associação Atlética Banco do Brasil - Piatã

Jornalistas responsáveis:

Angela Natsumi / Neire Matos

71 8240-0748 / 71 8867-4258




MENSAGEM





 DOADORES DO SUOR.

Espírito: AURA CELESTE. CHICO XAVIER

Todos os dias surgem, aqui e ali, os que procuram doadores.

Devedores da fiança terrena buscam doadores de empréstimos nos institutos

amoedados.

Adeptos desses ou daquele partido político buscam doadores de cargos públicos.

Estudantes buscam doadores de instrução na esfera universitária.

Mulheres buscam doadores de elegância no campo da moda.

Artistas buscam doadores de inspiração.

Por toda a parte, há doadores.

Doadores de providências, de recursos, de idéias, de estímulos, de sangue, de olhos,

de informações, de palavras.

E Jesus também, caminha na Terra procurando certa categoria de doadores difíceis de

encontrar, - os doadores de suor, que trabalham desinteressadamente na construção

do seu reino de luz.

Irmãos, o Divino Amigo nos bate às portas do coração, pedindo serviço...

Sigamos adiante, guardando a felicidade de sermos com Ele os doadores de suor.

 



Calma



 

 

Calma

 

"Silêncio é ouro. Quando a mente está quieta podemos criar paz ao redor.

A vibração caótica dos pensamentos negativos se aquieta.

E uma mente quieta se abre para inspirações criativas.

Para experimentar e espalhar calma, diga a si mesmo:

Como um incenso, eu libero o aroma dos pensamentos calmos.

A fragrância circula no ar, encontra a atmosfera e influencia os humores das pessoas.

Um ambiente de conforto e bem-estar é criado.

Pessoas estressadas e tensas começam a silenciar.

Elas agora percebem que pensar demais é prejudicial.

Elas experimentam as vibrações do silêncio e estabilizam o pensamento.

Elas são abençoadas com o poder do silêncio."

Brahma Kumaris

 

 

 

 

Links – BK Brasil:

           

 

Meditações, Palestras e Artigos

clique aqui

 

        Conheça também:

Editora BK  |  Outras mensagens

 

*

Para indicar o recebimento dessas mensagens a um colega, por favor sugerir que acesse

www.bkumaris.org.br/cadastro

**

A Organização Brahma Kumaris

 respeita sua privacidade.

 Caso você não deseje mais receber as mensagens, por gentileza favor enviar email para mensagens@bkumaris.org.br escrevendo "EXCLUIR" na linha de assunto, ou clique aqui.

 

 




Doação de Sangue Urgente (Em Salvador/ Bahia)


 



Bom dia Pessoal

 

Meu pai esta internado precisando de sangue de qualquer tipo.

Peço para os que puderem, doar e/ou repassar para seus contatos.

Paciente: Jurandir Trench

Internado no Centro de Hemorragia Digestiva do Hospital Roberto Santos

Local de Doação: HEMOBA - Av.Vasco da Gama próximo ao HGE

Muito Obrigado a Todos 

Leonardo Trench



quinta-feira, 28 de julho de 2011

LETRAS QUE MARCAM: PARA OS JUÍZES QUE JULGAM PRECIPITADAMENTE!

LETRAS QUE MARCAM: PARA OS JUÍZES QUE JULGAM PRECIPITADAMENTE!: "Família diz que Amy Winehouse morreu de abstinência A família de Amy Winehouse divulgou hoje acreditar que a cantora morreu em de..."

Mensagem da mediúnica de 26/07(FEIS-Salvador-Bahia)





"Excepcionalmente encontra-se por cálculo patente a energia materialista como a dominante. Infelizmente a grande procura terrena é pela conquista financeira, que assume o primeiríssimo lugar nos desejos veementes a serem alcançados.

O dinheiro é o maior escopo e participativo coletivo mais buscado com ânsia, preocupação e desejo intenso. Embora, mesmo sendo solucionador de alguns problemas superficiais, facilitando de alguma sorte a caminhada na matéria, sua aquisição jamais pôde ou poderá trazer respostas às problemáticas profundas que atingem a verve humana."

Anastácia

 
 

 

A busca sem cura

 

 

Cada criatura busca algo. Não existe ser vivente na Terra que esteja desimpedido de alguma sorte de desejo.

Da mesma forma que a tecnologia dos homens permite o escaneamento interno do corpo físico, seu esqueleto, nervos e órgãos, através das chapas de raio X, da espectroscopia da ressonância magnética, da tomografia, etc., o mundo espiritual também possui suas tecnologias para fazer a leitura psicossomática do ser, no tocante ou relativo, simultaneamente, aos domínios orgânico e psíquico.

A primeira coisa que ressalta na leitura psíquica da identificação da criatura são as formas-pensamento alimentadas por ela.

Os desejos e paixões humanas criam no campo vibracional marcas indeléveis, identificadoras sem engano do real desígnio que move a criatura.

Notadamente a vida na Terra é movida pela força do desejo.

Dentro desse diapasão de desejos, vontades, ambições, paixões e vícios, todos vibrando em conjugado no planeta, é que pode ser extraído um "raio X" coletivo da energia dominante da Terra.

Excepcionalmente encontra-se por cálculo patente a energia materialista como a dominante. Infelizmente a grande procura terrena é pela conquista financeira, que assume o primeiríssimo lugar nos desejos veementes a serem alcançados.

O dinheiro é o maior escopo e participativo coletivo mais buscado com ânsia, preocupação e desejo intenso. Embora, mesmo sendo solucionador de alguns problemas superficiais, facilitando de alguma sorte a caminhada na matéria, sua aquisição jamais pôde ou poderá trazer respostas às problemáticas profundas que atingem a verve humana.

Ressaltamos por experiência de repetitivos casos, os espíritos que sofrem prolongadas crises nervosas e pandemônicas, em remorsos duradouros, são aqueles mesmos que estiveram abastados na Terra, cercados pela facilidade do "ouro amoedado" e ergueram com ele o túmulo suntuoso que os separa da felicidade, construindo somente ruínas que os solapam nas celas da escravidão material.

Diversos se aficionaram tanto ao brilho e regalias do dinheiro que pensaram somente em reter bens, esquecendo de amar, buscando a todo custo os tesouros que não pôde fazer a alma luzir.

Já que são vibrações rasteiras como essas as que dominam as mentes mergulhadas na ambição material, não raro vemos incontáveis irmãos a sofrer como escravos da sordidez, avaros e avidamente ligados aos bens materiais que podem ajuntar e exibir.

São incontáveis os que divagam por valores a mais, valores que não podem ser projetados à outra Vida.

Alguns vivem a margem de todo conforto, cercado de regalias e não apercebem-se o quanto são abençoados numa terra onde muitos nada têm, e, perdem o sono, preocupam-se em demasia em criar mais e mais fortuna ao redor de si mesmos, forjando a fortuna dos tolos.

Observa assim o que desejas e o que pensas, a fim de que ajuízes acertadamente sobre a felicidade que tanto procura.

Meus filhos, não sejamos como pobres almas que, tendo já muito, ainda vivem vexadas por um tanto mais, sem se aperceberem das imensas riquezas que já são donos.

Certifiquemo-nos que a alegria possui diversos níveis e que não se encontra nos meros valores materiais.

Analisemos o patrimônio da natureza como a grande riqueza que nos permite a vida em abundancia. O sol como ouro que amoeda-nos com permissiva luz edificante. A beleza inebriante nos depósitos do mar, pranteando os olhos de deleite e sustentando a vida. Os valores da saúde integral do organismo físico permitindo-o a boa vivenda no exercício da carne. A benção inigualável da herança da família. Possuir pais, ou filhos, irmãos e irmãs; medita sobre essas e outras riquezas verdadeiras, jóias, rubis e diamantes da existência, pérolas essenciais e únicos tesouros compatíveis da admiração, procura e intensa gratidão humana.

Vejamos assim o dinheiro como um artefato que pode promover o progresso, nunca um objetivo constante a ser buscado de forma incessante e apaixonada, tornando-se o maior articulador dos desejos humanos.

Na verdade meus filhos, quem busca a felicidade pelo dinheiro, busca-a no lugar onde nunca vai encontrá-la.

A felicidade do "eu" se reflete na do "outro". Somos um reflexo do bem-estar coletivo. Buscando a felicidade do outro, encontraremos a nossa.

Sendo assim, busquemos as coisas certas para valorizarmos, não nos apoquentemos pela fortuna amoedada que pode nos condenar aos processos da angustia e as celas da escravidão, sem trazer nenhum lucro ou dividendo ao espírito.

E dentre estas nossas buscas intermináveis, lembremo-nos de buscar a essência em direção à luz, iluminando-nos junto a Ele. Pois nele tu está!

"Nele estava a vida

E a vida era a luz dos homens

E a luz resplandeceu nas trevas

E as trevas não a compreenderam" João 1: 4, 5

O teu "eu" mais profundo busca a outro para completar-se. Aquele outro que cada um busca para encher-se de satisfação e luz, é Ele, o Cristo Jesus.

Busquemo-Lo no interior de nós mesmos e não percamos mais tempo desejando a felicidade passageira do mundo.

                               

 

Anastácia

Mensagem recebida na reunião mediúnica da FEIS no dia 26/07/2011








ROMENIL SANTOS: CD DIVINA LUZ

ROMENIL SANTOS: CD DIVINA LUZ

quarta-feira, 27 de julho de 2011

PORQUE NÃO SOMOS SOMENTES ESPÍRITAS?





Fonte:analisesespiritas.blogspot
18 de janeiro de 2009

Por Anderson Carlos(Recife-PE)
Porque não somos somente ESPÍRITAS?

Com esta profusão de manifestos, de questionamentos do porque não se vêem espíritas 'ortodoxos' nos centros, com as famigeradas brigas entre os 'cientificistas' e os 'místicos'(que já vem desde o tempo de Bezerra de Menezes), fico a me perguntar: Porque ninguém se satisfaz somente em ser Espírita?

Kardec deixou claro que se reconhece um espírita pela sua transformação moral e pelos esforços que faz para domar suas más inclinações, além de que o Espiritismo é uma questão de convicção íntima e não imposição, portanto, a partir do momento em que decido estudar e conformar minha conduta com os preceitos da Doutrina Espírita eu sou espírita.

A razão é a pedra fundamental para o entendimento da vida e da Doutrina Espírita, mas sem o coração disciplinado, acabamos fascinados por qualquer um que fale de amor e caridade, pois sem a disci plina não exercitamos nossa capacidade de analisar, de avaliar, de criticar.

Entretanto, se o coração precisa ser disciplinado, por que não disciplinamos também a razão? Ela não tem supremacia total, embora a sua importância.

E diante disto, fico a pensar: realmente entendemos a proposta espírita?

Não, não acusem os outros. Não apontem os dedos, a não ser para si mesmos.

Autoconhecimento é a capacidade de se analisar e se compreender.

Então, é uma boa dica para compreendermos o porque destas atitudes que de espíritas não tem nada!

O Evangelho segundo o Espiritismo não faz parte da codificação? Porque? Porque em vez de consequências morais, Kardec mencionou religiosas? No fundo, no fundo, não há distinção entre estas duas palavras. A diferença maior são as atitudes que tomamos pela compreensão ou imcompreensão delas.

Por isto, não devemos procurar míst icos ou cientificistas num centro, mas ESPÍRITAS somente! Espíritas que vivam e conheçam verdadeiramente, como ansiava Herculano Pires, o Espiritismo.

Ainda questionam a autoridade que teria Kardec ao emitir uma opinião... Meu Deus, não vamos santificá-lo, não é isso que ele queria.

Ele não é nem desejava ser o máximo pontífice do Espiritismo, mas, convenhamos, sua opinião não pode - nem deve - ser descartada levianamente só porque não gostamos de uma ou duas palavras...

Isto é divisionismo, falta de análise, de reflexão.

E isto é o engraçado. Todo mundo, para demonstrar opinião, muitas vezes lança-se a críticas sobre o que, em geral, conhece pouco. E não me eximo este erro.

Uns vivem a criticar o Ramatís, sem ter lido uma página sequer de sua obra. Outros criticam quem o analisa, mesmo tendo lido toda a sua obra.

Alguns aceitam cegamente as obras de Ermance Dufaux, chegando a discutir seus pontos sem analisa-los. Outros aceitam suas obras com ressalvas. Outros, enfim, não as aceitam, por terem analisado seus textos e notado erros graves, uso indevido de nomes de indivíduos espíritas que não ditariam tais textos - como Humberto de Campos -, e nem por isso saem a criar ortodoxismos da vida. Mesmo sendo alvo de críticas pelos primeiros.

Uns pregam a necessidade de críticas, de avaliações, de pesquisas para poder aceitar-se qualquer coisa que venha dos Espíritos. Outros abominam estas atitudes porque não veem motivos para duvidar de nenhum espírito, principalmente se vem através de homens 'santos' como Chico Xavier, pecando por uma idolatria que em Espiritismo não deveria prevalecer.

O respeito pelos indivíduos de conduta reta, digna deve ser mantido. E mantenho o meu pela pessoa de Chico Xavier. Médium de faculdades amplas, de postura digna. Entretanto, mesmo ele sendo uma pessoa de caráter idoneo, is to, em nada, impede que através de sua mediunidade fluam mensagens apócrifas tendo por finalidade estimular nos indivíduos à sua volta e nele mesmo a finalidade de chamar-lhes a atençao para a devida análise criteriosa das mesmas, com todo o rigor possível.

E aí me pergunto novamente: não encontramos estes apontamentos, estas explicações na Codificação?

E porque não as praticamos?

E, após tudo isto, fico a me perguntar, como no início do texto: Porque ninguém se satisfaz somente em ser Espírita?

Nem místico, nem ortodoxo, nem de direita nem de esquerda. Nem Kardecista, nem Divaldista.

Somente ESPÍRITA.

Ou, no mínimo, algo parecido com o Homem de Bem que encontramos descrito tanto no ESE quanto no LE.

Deixemos de ilusões de divisionismos, com estes movimentos que ambicionam reconstruir o Espiritismo no Brasil, sem as gangas que são os nossos de feitos.

Pois foi Kardec que afirmou que:

"Não confiando a um único espírito o encargo de promulgar a Doutrina, o mais pequenino, como o maior, tanto entre os Espíritos, quanto entre os homens, traz a sua pedra para o edifício, a fim de estabelecer entre eles um laço de solidariedade cooperativa, que faltou a todas as doutrinas decorrentes de um tronco único". [A Gênese]

Será que há uma busca por esta solidariedade ao se tentar colocar mais uma pedra neste grandioso edifício?

Será que se busca, ao se divulgar uma idéia, inteira concordância com os princípios gerais, com as leis elementares da Doutrina Espírita, seja ela de origem de um espírito encarnado, seja de um desencarnado? E quando vem deste último, tomam-se todas as precauções para evitar uma mistificação, ou para atestar sua verdade?

Estamos exercitando, de verdade, aquilo que os Espíritos definiram como o verdadeiro espírita?

E afinal, não basta ser somente espírita?





Obs: texto escrito tendo por base discussões na comunidade orkuteana Espiritismo sobre manifestos ortodoxos, ausência de ortodoxos nos centros espíritas, prevalência de princípios entranhos ao Espiritismo quando estes é que deveriam prevalecer numa comunidade espírita.
Postado por Anderson às 10:16 6 comentários < /a>



Reunião Mediúnica – Quinta-feira 21/07/11(FEIS-Salvador-Bahia)




Reunião Mediúnica – Quinta-feira 21/07/11


Meus irmãos queridos é um prazer enorme em lhes falar novamente, agora com mais facilidade devido à desobstrução do caminho mediúnico e da energia que circula neste ambiente hoje.

Gostaria de agradecer a todos que aqui vem por caridade a si e ao próximo, agradecer àqueles, bons de coração, que se dedicam ao atendimento dos irmãos tão necessitados. Falo principalmente daqueles que se dedicam de corpo e de alma ao trabalho. Quero dizer, aqueles que procuram se aprimorar para melhor atender aos que chegam, seja através de estudo, cursos ou da própria lapidação. Agradeço a todos, e principalmente a estes. Não existe trabalho mais próprio para a lapidação e decoração da alma que o serviço aos que necessitam de nós!

Meus queridos, aos que ainda não se dedicam, gostaria de lhes esclarecer.  Esclarecer-lhes de uma forma diferente. Esclarecer a partir do entendimento que nos cabe.

Vamos agora clarear novos caminhos para alguns e reforçar caminhos para quem já os segue.

Trago às vossas memórias um exemplo de nosso irmão maior, Jesus Cristus. Poucos enxergam esta perspectiva, mas à sua época Jesus atendia irmãos em um trabalho parecido com o que fazemos hoje. Os necessitados encarnados ou desencarnados tinham a oportunidade de conversar com o Grande Consolador, e ele, adequando-se a linguagem e necessidades de cada filho que lhe surgia, conversava e renovava a energia daqueles, para que pudessem encontrar seus caminhos. Porém o trabalho de Jesus cada vez mais é distorcido entre as comunidades. Ao observar o trabalho do nosso mestre muitos irmãos acreditam que a boa vontade e a disposição para atender aquele que nos chega é suficiente. Uma breve análise nos mostra que esta afirmação não é verdadeira. Jesus era bálsamo para os que lhe procuravam por ter AMOR E CONHECIMENTO, sem a desvinculação de um ao outro. Não foi somente o bom coração de Jesus que ajudou aquele povo, mas seu conhecimento acerca das enfermidades físicas e espirituais que os afligia, sua propriedade para atendê-los, e isso aconteceu por conta do seu extenso conhecimento acerca do sofrimento humano. Assim, como pretendem aqueles que se dedicam aos passes, por exemplo, ajudar a curar um doente se não sabe como fazê-lo? Deixarás tudo a cargo dos espíritos? Não vejo como, já que, lembrando-nos da lei da atração, qual a modalidade, por assim dizer, de espíritos que os irmãos estão atraindo? Naturalmente são espíritos que se acomodaram em uma situação e não se dedicam aos estudos mais profundos acerca de seu tema de interesse. Então esta opção esta eliminada, pelo menos a via de regra. É claro, e acredito que não seja necessário falar das exceções, que por serem freqüentes devido à falta de preparo dos canais, tendem a parecer regras. Não o são! É necessário que estudem.  Como pretendem atender aos que aportam a mediúnica sem entender um pouco de psique, de sofrimento, de técnicas que quebram ciclos viciosos de pensamento, de técnicas calmantes. Todos vocês tem capacidade para aprender a lidar com as mudanças necessárias. É importante que a liderança de início a ações que limitem a atuação daqueles que se recusam a estudar. Os encarnados não vêem, mas existem passes que adoecem, existem conversas na mediúnica que afastam ainda mais o espírito já perdido. O despreparo camuflado de boa vontade não é nada além de prejudicial. Para certificar-me de que fui claro, não existe trabalho de caridade sem AMOR, sem BOA VONTADE, porém não estamos em um momento em que precisamos agir aos "trancos e barrancos", em que qualquer um quer se candidatar para o trabalho deve ser imediatamente alocado. Sugiro uma ação "peneira", no sentido de refinarmos e termos o melhor de cada trabalhador. Quando o trabalhador está pronto o trabalho aparece. Temos muita demanda por trabalho, mas não temos trabalhadores prontos, por isso nós, da equipe espiritual responsável pela casa não autorizamos a abertura de determinados trabalhos. Desde a casa antiga temos informado que com o novo espaço físico teríamos uma demanda maior, mas os irmãos não se preparam. Como vocês bem viram, não estou falando do preparo físico, já que este lhes foi garantido que seria a menor das preocupações. Não sei se vocês pensam que nós nos preocupamos apenas com o trabalho espiritual, e não nos atentamos as questões físicas. Ledo engano. Sabemos muito bem que no plano material o dinheiro é necessário, uma boa estrutura física é necessária, e temos inclusive um planejamento financeiro e estrutural muito mais coerente que o de vocês, e com propriedade dizemos que esta não é a preocupação número um.

Não acredito ser possível conceber uma reunião mediúnica sem que seus participantes estejam em constante estudo. Não falo somente do estudo pré-reunião, mas do estudo diário, do estudo continuo e disciplinado. Em grupo ou não, mas que foque a área de trabalho de vocês, e aviso de antemão é extremamente vasta. Podemos começar com o sofrimento, ou seja, a necessidade de entender como funcionam estas mentes que sofrem incessantemente, entender o ambiente em que estas se encontram. Vejo freqüentemente a generalização do termo umbral. Isto se deve à falta de leitura, para compreender que este ambiente é plural, com inúmeras formas, inúmeros espíritos em estágios completamente distintos, para entender que o socorro em cada região é feito de forma singular, completamente diferente de outros grupos de socorro. Podemos prosseguir e falar das enfermidades. Vocês acreditam que quando um espírito diz: estou sem perna, e vocês falam que ele tem perna sim, o aparecimento de sua perna ocorre instantaneamente, por força da vossa palavra. Inúmeras literaturas mostram como esta recuperação acontece, e o enorme dispêndio de energia dos espíritos para que aquela perna reapareça. Isto se chama falta de instrução, para entender que o mundo espiritual, pelo menos o que esta ao redor da Terra não é mágico. Algumas deformações, na verdade a maioria delas não podem ser resolvidas com uma simples ordem do doutrinador. Mais prudente seria encaminhá-lo a um tratamento. Percebam porém o quão difícil e arriscado é partilhar esta informação, já que aqueles que não estudam irão entender os meus dizeres como regra e tomarão esta atitude com todos os espíritos mutilados. Não é isto! A percepção do doutrinador é essencial para decidir qual rumo tomar com cada irmão.

Acredito que me fiz entender. Este não é um recado para ser lido apenas uma vez, já que traz inúmeras reflexões, e pode inclusive ser utilizado para estabelecer diretrizes.

 

Dedico todo meu amor nestas miúdas e assertivas palavras,

 

Irmão José.

               

terça-feira, 26 de julho de 2011

IRMÃOS DE LUZ no Twitter @irmaosdeluz e no Face Book IRMÃOS DE LUZ (Comunidade) - SIGA-NOS!





Dia dos Avós!!




Chega de tanta injustiça
de castigo e confusão!
...Vou pra casa da vovó,
não tem outra solução!

Estou mesmo decidido
e pra sempre eu me mudo.
Aqui eu não posso nada
e por lá eu posso tudo!

Posso comer chocolate,
posso até me empanturrar.
Posso comer sobremesa
até antes do jantar.

Mesmo que eu faça bagunça,
vovó não briga comigo.
Se eu beliscar o irmãozinho,
vovó não me põe de castigo!

Vou fazer a minha mala,
meu carrinho eu vou levar.
Vou levar o meu cachorro
e o meu jogo de armar.

Vou levar meu travesseiro,
levo também meu pião,
pego os meus livros de história
e o meu time de botão.

Levo as coisas que eu gosto,
pra ter tudo sempre a mão:
levo também o papai,
a mamãe e o meu irmão!

Ana Canéo

Parabéns Vovôs! Parabéns Vovós! Parabéns pela passagem do seu dia e por tudo que você representa para os netinhos! Que Deus continue iluminando seus passos e lhe guiando pelos bons caminhos da vida!!



--
Acesse, leia, comente e divulgue entre os amigos.
http://plantaodapaz.blogspot.com/
__._,_.___

segunda-feira, 25 de julho de 2011

A BAHIA ESTÁ SANGRANDO! EU QUERO É PAZ!


A BAHIA ESTÁ SANGRANDO! EU QUERO É PAZ!

Por Manoel Trajano
Engenheiro Civil ,de Segurança do Trabalho e de Gás Natural
Cidadão Baiano
Espírita



Nunca a Bahia sangrou tanto como está agonizando agora! Nunca foi tanta a demagogia e descaso com a Segurança Pública na história do estado! Nunca se teve tantas vidas ceifadas de inocentes vítimas da hipocrisia, da mentira, da malandragem, da safadeza política na capital e no interior. Bancos são assaltados e gerentes são feitos reféns, se alveja trabalhadores e jovens ao ar livre em qualquer horário em cenas que até então só se via em filme ou em novelas! Nunca se teve tanto sequestro relâmpago e desaparecimentos antes visto na história na terra do axé music, do carnaval e do turismo que já sente medo. Nunca se teve tantos concursados delegados esperando serem chamados sem saber por quê? Nunca se expôs tanto a polícia sem armamento, salário digno e treinamento adequados. Nunca se fez tanto o que se condenava na oposição de outrora como antes na história da nação baiana. "Os assassinos estão livres, nós não estamos"(Renato Russo). Para completar se criam leis de alforria alegando diminuir superlotação! E o povo mais uma vez sofre com a desculpa da incompetência, da ausência de investimento em penitenciárias que ressocializem com trabalhos agrícolas ou artesanais. Penitenciária lotada é faculdade de bandido com direito a pós-graduação em crimes! Advogados e Juízes vendem sentenças, passam armas, traficam entre a maré dos tubarões para os peixinhos alimentarem as mulas que morrem nas fronteiras e divisas. Habeas Corpus preventivo é coisa que nunca ouvi falar ("Só de sacanagem" Manifesto lido no show de Ana Carolina).

É o estado que investe milhões e milhões de dólares para ter dois ou três jogos na Copa do Mundo. É a terra dos péssimos serviços de garçom, taxistas, condutores de ônibus,condutores de "carteira comprada" e dos flanelinhas que lhe intimidam querendo o dinheiro que desejam,pois caso contrário riscam seu carro ou coisa pior. É a terra da inversão de valores, dos políticos fazendeiros coronéis que cospem arrogância e arrotam poder manipulando a imprensa mentirosa e tendenciosa. Bahia de nada tem de preguiça, tem sim de esperteza,aliás eu sempre digo que o mal dos espertos é achar que os outros são bestas e o que as bestas fazem para se revoltar? Furam fila,cortam passagem no trânsito,dão jeitinho brasileiro,levam vantagem achando que vão atingir os peixões! Ledo engano,se destroem enquanto sociedade desorganizada que de forma pacífica não sabe lutar e crescer. Temos que ouvir alardes nas rádios em troca de audiência que enriquecem uns poucos com dinheiro dos patrocinadores. Julgamos Kelly Ciclone, metralhamos moralmente a professora do "Todo enfiado",enaltecemos elefantes da música baiana podres de rico e esquecemos quem está com doença degenerativa e que teve costas viradas de outro milionário da axé. E compremos camisas caras de festas de fuga da realidade! E viva a alegria do verão e das praias!

Que vergonha sinto de ver o que um dia amei se transformar numa terra de ninguém em que metrô vira piada nacional e não fica pronto. Que tem obras faraônicas abandonas pela vergonha do mal planejamento urbano e viram atração pintada ainda no centro da cidade e hoje seu autor é crítico chamado "radialista". É a Bahia meu rei! Dou um duro danado, pago imposto caro, pago péssimo serviço caro, vejo amigos e conhecidos serem assaltados e o que recebemos em troca? Apatia, inoperância, indiferença, verborréia na TV de demagogos que em nome de unidades pacificadoras colocam a culpa no crack e no crescimento populacional.

A Europa viveu duas grandes guerras e várias guerrilhas. O Japão teve duas bombas atômicas, terremotos devastadores. Os EUA padeceram com guerras de secessão, apartheid e serial killers. E o Brasil? E a Bahia? Meu Deus! Eu quero é paz, mas preciso desabafar! Não dá para viver com medo! É preciso agirmos e sairmos das grades de nossas casas e apartamentos e pacificarmos pois Jesus disse "Bem vindo os Pacificadores que serão deles o Reino dos Céus". Pacificar é ser ativo, ir de encontro a Paz viver e fazer ela acontecer.

Chega de vidas ceifadas de inocentes! Chega de jovens perdidos na violência e que carregam armas que atiram em trabalhadores, aposentados e outros jovens! Cada um deve e pode fazer seu papel e o primeiro passo é tirar o que está aí do poder,das assembleias. Não precisamos esperar novas eleições. Precisamos orar e praticar a caridade nas áreas! Nada de esperar o poder público falido e incompetente! Vamos fazer panelaço, vamos protestar pois como dizia Raul Seixas "Eu também vou reclamar"!

Muros e Grades

Engenheiros do Hawaii

Composição: Humberto Gessinger - Augusto Licks

Nas grandes cidades, no pequeno dia-a-dia
O medo nos leva tudo, sobretudo a fantasia
Então erguemos muros que nos dão a garantia
De que morreremos cheios de uma vida tão vazia

Nas grandes cidades de um país tão violento
Os muros e as grades nos protegem de quase tudo
Mas o quase tudo quase sempre é quase nada
E nada nos protege de uma vida sem sentido

Um dia super, uma noite super, uma vida superficial
Entre as sombras, entre as sobras da nossa escassez
Um dia super, uma noite super, uma vida superficial
Entre cobras, entre escombros da nossa solidez

Nas grandes cidades de um país tão irreal
Os muros e as grades nos protegem de nosso próprio mal
Levamos uma vida que não nos leva a nada
Levamos muito tempo pra descobrir
Que não é por aí... não é por nada não
Não, não pode ser... é claro que não é, será?

Meninos de rua, delírios de ruínas
Violência nua e crua, verdade clandestina
Delírios de ruína, delitos e delícias
A violência travestida faz seu trottoir
Em armas de brinquedo, medo de brincar
Em anúncios luminosos, lâminas de barbear

(solidez)

Viver assim é um absurdo como outro qualquer
Como tentar o suicídio ou amar uma mulher
Viver assim é um absurdo como outro qualquer
Como lutar pelo poder
Lutar como puder

FONTE: http://ceianet.blogspot.com/2011/07/bahia-esta-sangrando-eu-quero-e-paz.html
PARA PARTICIPAR DO GRUPO NO YAHOO GRUPOS:
Assinar irmaosdeluz

Desenvolvido por br.groups.yahoo.com