segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Carta da Loja Maçônica





Seu doutor, uma esmola
Para o homem que é são
Ou lhe mata de vergonha
Ou vicia o cidadão.
Luiz Gonzaga.

REPASSANDO   da Loja Maçônica Para:

 Carta da Loja Maçônica

 Caros Irmãos,

Concordando com as palavras desta manifestação da Loja Acácia das Neves de São Joaquim, recomendamos a leitura e a divulgação entre os Irmãos e principalmente entre nossos contatos no mundo profano.

Fraternalmente,

Alaor Francisco Tissot
Grão-Mestre - GOSC
-------------------


CARTA DA LOJA MAÇÔNICA ACÁCIA DAS NEVES Nº 22
ORIENTE DE SÃO JOAQUIM – FILIADA AO GOSC

Vivemos um dos momentos mais difíceis de nossa história. O povo está sendo mantido na ignorância e sustentado por um esquema que alimenta com migalhas a miséria gerada por essa mesma ignorância.
A tirania mudou sua face. Já não encontramos os tiranos do passado, que com sua brutalidade aniquilavam as cabeças pensantes, cortando o pescoço. Os tiranos de hoje saqueiem a Pátria e degolam as cabeças de outra forma. A tirania se mostra pela corrupção que impera em todos os
níveis. Encontramos mais viva do que nunca as palavras do Imperador Romano Vespasiano, que na construção do Grande Coliseu disse: "DAI PÃO E CIRCO PARA POVO". Esse grande circo acontece todos os dias diante de nossos olhos, especialmente sob a influência da televisão, que dá ao povo essa fartura de "pão" e de "circo".
Quando pensamos que a fartura acaba, surgem mais opções. Agora vemos a Pátria sendo saqueada para a construção de monumentais estádios de futebol, atualmente chamados de arenas, nos moldes do que era o Coliseu, uma arena.
Enquanto isso os hospitais estão falidos, arruinados, caindo aos pedaços.
Brasileiros morrem nas filas e nos corredores desses hospitais; já, outros filhos da Pátria morrem pelas mãos de bandidos inescrupulosos que se sentem impunes diante de um Estado inoperoso, ineficiente e absolutamente corrompido. Saúde não existe, educação não há, segurança, muito menos. Porém, a construção dos "circos", continua !
Mas o pão e o circo também vem dos "Big Brothers" das "Fazendas", das novelas que de tudo mostram, menos verdadeiros valores e virtudes pessoais. Quanto mais circo, mais pão ao povo.
E o mais triste é que o povo mantido na ignorância, é disso que mais gosta.
Nas tardes, manhãs e noites, não faltam essas opções de "lazer". O Coliseu está entre nós. O circo está entre nós. Já o pão, esse vem do bolsa isto, do bolsa aquilo, mantendo o povo dependente do esquema, subtraindo-lhe a dignidade e a capacidade de conquistar melhores condições de vida com base em suas qualidades, em seus méritos, em suas virtudes.
Agora, o circo se arma em torno do absurdo que se coloca à população de que o problema de saúde é culpa dos médicos. Iludem e enganam o povo, pois fazem cair no esquecimento o fato de que o problema de saúde no Brasil é estrutural, pois o cidadão peregrina sem encontrar um lugar digno, nem mesmo para morrer.
Então, absurdamente, em desrespeito aos filhos da Pátria, são capazes de abrir as portas para profissionais estrangeiros, alguns poucos, não cubanos. Os tiranos tem a audácia de repassar R$40.000.000,00 mensais que são sangrados dos cofres públicos para sustentar um outro governo falido e também tirano, o cubano; um dinheiro sem controle e sem fiscalização.
Os pobres profissionais que de lá vêm, não têm culpa. É um povo sem liberdade, sem direito de expressão, escravo da tirania. Esses médicos recebem migalhas daquele governo.  Mal conseguem sustentar a si e a seus familiares.  Os R$40.000.000,00 que serão mensalmente enviados para Cuba, solucionaria o problema de inúmeros pequenos hospitais pelo interior deste País. Mas não é a isto que ele servirá. Nós estamos a financiar um trabalho explorado, escravizado, de profissionais que não tem asseguradas as mínimas condições de dignidade de pessoa humana, porque simplesmente não são homens livres e com seus familiares aprisionados na ilha garantido os objetivos dos irmãos imperadores. E nós brasileiros, devemos nos envergonhar de tudo isto, porque estamos sendo responsáveis e coniventes por sustentarmos todo esse esquema, todos esses vícios, comportando-nos de maneira absolutamente inerte.
Esses governantes, que tanto criticam o trabalho escravo, também não esclarecem à população o fato de um médico brasileiro receber o mísero valor de R$2,00 por uma consulta pelo SUS. Do valor global anual que recebem, ainda é descontado o Imposto de Renda, através de uma escorchante tributação sobre o serviço prestado, que pode chegar ao percentual de 27,5%. Em atitude oposta, remuneram aqueles que não são filhos da Pátria, os estrangeiros, com o valor de R$10.000,00 mensais por cada profissional, cabos eleitorais desses governantes.
Profissionais da saúde no Brasil, servidores públicos de carreira, à beira da aposentadoria, com dedicação de uma vida inteira, receberão quando da aposentadoria metade do valor pago ao estrangeiro.
Não podemos aceitar a armação desse circo, em cujo picadeiro, o povo brasileiro é o palhaço !!
A Maçonaria foi a grande responsável por movimentos históricos e por gritos de liberdade em defesa da dignidade do homem. Foi por mãos de Maçons que se deu o grito de Independência do Brasil, da Proclamação da República, da Abolição da Escravatura. Foi pelas mãos de Maçons que se deu o brado da Revolução Farroupilha.
E o que está fazendo a Maçonaria de hoje ao ver o circo armado, com a distribuição de um pão arruinado pelo vício que sustenta essa miséria intelectual !! Não podemos ficar calados e inertes !!
A Maçonaria, guardiã da liberdade, da igualdade e da fraternidade, valores que devem imperar entre todos os povos, precisa reagir, precisa revitalizar seu grito, seu brado para a libertação do povo. Esse é o nosso dever, pois do contrário não passaremos de semente estéril, jogada na terra apenas para apodrecer e não para germinar.
A Loja Maçônica Acácia das Neves, incita a todos os IIrm.: para que desencadeemos um movimento de mudança, de inconformismo, fazendo ecoar de forma organizada a todas Lojas e Maçons desta Pátria, o nosso dever de cumprir e fazer cumprir a nossa missão de levantar-Te.

"Invidia Est Gloria Assidiua Commes"

 

A Inveja é Assídua Companheira da Glória

 

Bom mesmo é ir a luta com determinação, abraçar a vida com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, pois o triunfo pertence a quem se atreve... A vida é muita para ser insignificante.
(Charles Chaplin)

 

"A derrota abate o orgulho e nos obriga a tomar contato com a vida; a ver que somos tal e qual os outros homens, nem melhor nem pior."

FC

 


Livros da LEAL Editora com 30% de desconto até 31.12.2.013(INCLUSIVE OS LANÇAMENTOS)




 
 
AVISO IMPORTANTE
 
Todos os Livros da LEAL Editora com 30% de desconto,inclusive os novos lançamentos e de outras editoras com 15% de desconto até o dia 31.12.13
Informações:71-3409-8310/11/12/13-LEAL Editora.
Muita Paz.
 
LANÇAMENTOS
De R$30,00 por R$21,00
 
De R$55,00 por R$39,00
 
 
 
 
 

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Fwd: [via irmaosdeluz] Fwd: DIVULGAÇÃO- TREINAMENTO DE HABILIDADES SOCIAIS- LAYANE LUDUVICE DA SILVA- PSICÓLOGA



 

 

 

 

 TREINAMENTO DE HABILIDADES SOCIAIS

 

 

PROPOSTA REGISTRADA- REGISTRO 6776- LIVRO B-25- PROTOCOLO: 8203-RTDSAJ CARTÓRIO

 

 

FUNDAMENTAÇÃO DO TREINAMENTO

 

As Habilidades Sociais são entendidas como comportamentos sociais ou habilidades interpessoais  que favorecem a interação entre as pessoas, melhorando a qualidade de vida e o relacionamento interpessoal. Boas reservas comportamentais ou comportamentos adequados estão relacionados ao bom convívio sócio-afetivo, bom desempenho profissional e acadêmico, enquanto dificuldades nessas áreas podem levar a problemas comportamentais.

 

 

OBJETIVO GERAL DO TREINAMENTO:

 

A escolha e importância do Treinamento de Habilidades Sociais, bem como seu respectivo conteúdo, deve-se ao desconhecimento do público em geral em relação ao tema, bem como representa uma grande dificuldade que as pessoas em geral possuem. Em muitas situações, as pessoas não conseguem lidar de forma efetiva e segura em relação aos comportamentos e/ou atitudes de outras pessoas que as incomodam e as situações que são causadas diante desse fato, o que pode causar em determinadas circunstâncias, perdas afetivas e/ou materiais significativas que podem ser até irreversíveis.

 

 

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DO TREINAMENTO:

 

- Fornecer aos participantes conhecimentos acerca de habilidades interpessoais com base na Teoria do Aprendizado Social;

 

- Permitir a reflexão critica sobre comportamentos/atitudes que interferem de forma negativa no dia a dia do participante;

 

- Aperfeiçoar ou redirecionar comportamentos e/ou atitudes do participante  que visem uma vida sócio-afetiva estável e funcional;

 

- Ensinar o participante a saber lidar em situações estressantes que demandem o uso de tais habilidades sociais;

 

 

 

CONTEÚDO DO TREINAMENTO1- Habilidade de fazer e receber elogios,  2- Habilidade de fazer e receber criticas, 3- Manejo da raiva, 4- Assertividade, 5- Habilidade de iniciar conversa, 6- Habilidade de falarsobre sentimentos e opiniõese 7- Argumentação.

 

 

PÚBLICO ALVO: Profissionais e estudantes de Psicologia e da área da saúde (biomedicina, enfermagem, farmácia, educação física, fisioterapia, medicina, nutrição, bacharelado interdisciplinar em saúde, fonoaudiologia  e serviço social), profissionais e estudantes da área de negócios, direito e hospitalidade (administração, ciências contábeis, ciências econômicas e direito), profissionais e estudantes da área de comunicação e educação ( comunicação, letras, pedagogia,  marketing, publicidade e propaganda e relações publicas) terapeutas, pedagogos, psicopedagogos, professores, estagiários da área de saúde e educação, pessoas interessadas pelo tema ou pessoas que tenham alguma dificuldade em alguma habilidade social.

 

METODOLOGIA: Exposição participativa, dinâmica de grupo, resolução de problemas e/ou situações e simulação de situações.

 

 

DATA: 07/12/2013 ( sábado)    HORÁRIO: 8hs     CARGA HORÁRIA: 14 horas

 

 

LOCAL Pituba Plaza Hotel- Av. Manoel Dias da Silva, n 2495- Pituba- Salvador- Tel: (71) 2106- 0001

 

INVESTIMENTO:

 

VALOR INDIVIDUAL:  R$ 200,00  reais por pessoa

 

VALOR- GRUPO DE 5 PESSOAS A 10 PESSOAS- R$ 180,00 reais por pessoa

 


 

 

O VALOR INCLUI:

 

- material didático impresso;

- certificado com carga horária de 14 horas;

- material virtual ( slides e material didático em formato PDF a ser enviado para o e-mail do participante ou salvo no pendrive)

- coffee break;

- serviço de sala.

 

O VALOR NÃO INCLUI:

 

- transporte do participante;

- almoço;

- estacionamento privativo do hotel;

- diária no hotel.

 

 

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES(75) 8866-0646-oi/ (75) 8855-0233- oi/ (75) 8252-6282- claro e (75) 9137-7771- tim ou layaneluduvice@hotmail.com

 

 

FACILITADORA:

 

 Layane Luduvice da Silva, psicóloga, Terapeuta Cognitiva (Instituto CTC- Salvador), Especialista em Gestão de Pessoas (FACIBA- Faculdade de Ciências da Bahia) e Especializanda em Gestão Empresarial (ICEF- Fundação Getúlio Vargas).

 

Assessora Organizacional da empresa Dubahia (Dublagem Bahia- Grupo COFRAG) e consultora organizacional em recursos humanos e gestão de pessoas em empresas privadas de Santo Antônio de Jesus e região (Antonius Imperial Hotel, BrasilTreina, Cooperativa Aliança da Mandioca, CrieAtiva, MSC Supermercados, Nutrir Consultoria Agropecuária, Rações Exato , Sesc/ Unidade Santo Antônio de Jesus , Banco Itaú e Sindicato dos Comerciários de Santo Antônio de Jesus).

 


__,_._,___




terça-feira, 12 de novembro de 2013

SER HUMANO PROFISSIONAL


Quando dizem que ha seres humanos que nao valem o prato que comem,acho exagero,porque ha pessoas que fazem por onde tem precisar de prato.São como vermes que comem os restos alheios e se contentam com migalhas.No meio profissional ha muita gente assim,mediocre,baixa e sem o minimo escrúpulo de caráter e personalidade,sem ética e com sobra de hipocrisia.São os psicopatas bem aparentados,que conquistam na lábia e na sedução de gestos bondosos que quando você menos imagina,te apunhalam pelas costas.Mas graças a Deus,o Universo conspira a favor dos que fazem o bem e tudo a seu tempo.La na frente,haverá ranger de dentes e sofrimento e la...mentar-se-á porque aquilo ocorre consigo.Os hálitos mentais expelidos pelo inconsciente se mostram visiveis quando a cobra lança o veneno que nem sempre atinge fatalmente,ou porque do outro lado ha alguem bem resistente,ou porque o emissor é ruim de mira mesmo.A lei do retorno reina nesta vida,na proxima ou mesmo na erraticidade(entre encarnações).Mesmo por debaixo de lençois de religiao que encobrem o lobo disfarçado de ovelha(as vezes desgarrada)o olhar atento esperando pelo bote está a espreita.Os colegas e amigos as vezes percebem e dão o alerta e voce diz que nao,que é exagero,fulano é direito e fica com mesmo de ser mais uma fofoca,intriga.Nestas horas vemos quem sao os amigos de verdae olhando para tras.Sempre digo que nao vale a pena criar inimgos,mas selecione os amigos e hoje sao poucos em nossa vida,de verdade.Voce que ta nas redes sociais sabe disso.Quantos aparecem quando voce ta mal,seja por uma questao de perda momentanea de saude,de emprego,de algum bem valioso.Cuidado com as pessoas que passam a ideia de inabalaveis,indestrutiveis ou mesmo insensiveis demais.As vezes elas sao as que mais precisam de socorro por nao saber canalizar a omissao do bem que fazem,que tambemé uma maldade.Ha outras que relamente sao boas,o que as difrencia é a huildade.Ser humano é complicado...
--

Manoel Trajano
Eng.Especialista em Segurança do Trabalho e Gás Natural
+55-71-9155-0556/8800-7713
e-mail/Gtalk :trajanomanoel@gmail.com
Msn: engmtrajano@hotmail.com
Twitter: http://twitter.com/manoeltrajano
Site: http://stv-engenharia.blogspot.com
Currículo Lattes:http://lattes.cnpq.br/8895443035893319 

domingo, 10 de novembro de 2013

DESCANSE EM PAZ: Homenagem ao ator Jorge Dórea

Vai deixar saudades,principalmente do Bordao imortalizado em sua voz:
"Onde foi que eu errei?"


terça-feira, 5 de novembro de 2013

ALLAN KARDEC NO CINEMA EM 2014

Notícia

Allan Kardec será retratado no cinema




Marcel Souto Maior, autor de As Vidas de Chico Xavier, cujo trabalho apoiou o filme de Chico, vai lançar um novo livro, a biografia de Allan Kardec.

Depois de "Chico Xavier - O Filme" em 2012, a vida anterior deste apóstolo do Cristo, como Hippolyte Léon Denizard Rivail (o codificador da Doutrina dos Espíritos) vai ser retratada no cinema.
 
Filme em 2014 - ALLAN KARDEC 

Segundo o colunista, Ancelmo Góis, do jornal O Globo, Conspiração, que acabou de lançar o filme "Gonzaga – De pai para filho", irá produzir a biografia do criador da doutrina espírita, Allan Kardec (1804 – 1869).

O longa vai se juntar com outras produções que já são conhecidas pelo público, por exemplo, Nosso Lar, obra em que o espírito André Luiz descreve as atividades de uma cidade espiritual próxima a Terra, passando uma ideia da vida além-túmulo.

A Doutrina Espírita também serviu de inspiração para a indústria cinematográfica nos filmes Chico Xavier; As Mães de Chico Xavier e O Filme dos Espíritos, baseado no O Livro dos Espíritos, uma das obras básicas da codificação.

A cinebiografia de Allan Kardec (Léon-Hippolyte-Denizart Rivail) tem previsão de estreia no circuito nacional no próximo ano.

 
MARCEL SOUTO FALA SOBRE KARDEC, CHICO E ESPIRITISMO

O escritor  e seu livro mais famoso

Reproduzimos a seguir uma entrevista com o escritor e jornalista Marcel Souto Maior, autor dos livros As Vidas de Chico Xavier (2003), Por trás do véu de Ísis (2004) e As Lições de Chico Xavier (2005). Marcel, que viu na biografia do médium Chico Xavier a possibilidade de um trabalho de rica pesquisa jornalística, fala do que descobriu sobre o tema, de como o O Livro dos Espíritos lhe influenciou nas pesquisas e da figura e a importância de Allan Kardec para o Espiritismo, assunto a que volta e meia ele retorna: "Não tenho nenhuma religião, mas tenho fascínio por este tema: a fé...", diz. Atualmente, ele prepara o lançamento de um novo trabalho, a biografia de Allan Kardec, cujos originais já foram entregues à sua editora. 
 
Como você avalia a evolução da fé espírita no país?

A cada ano, cada livro e cada filme lançados, o Espiritismo atrai novos adeptos e admiradores. O Brasil já abriga mais de 10 mil centros espíritas kardecistas. Cada "casa" destas funciona como um centro de estudos e divulgação do espiritismo e como um pólo de solidariedade. Uma rede cada vez mais ativa e integrada. Hoje mais de 5 milhões de brasileiros já se declaram espíritas kardecistas nas pesquisas do Censo... O número de simpatizantes é estimado em 30 milhões só no Brasil.
 
Seus livros sobre o tema Espiritismo foram lançados no início dos anos 2000. Agora eles voltam a ser lembrados e comentados a partir do lançamento de alguns filmes nacionais. Você identifica um novo interesse da sociedade brasileira em relação às questões espíritas? A que se atribuiria esta "retomada" do assunto?

O lançamento de filmes e livros, o destaque dado a Chico Xavier no ano de seu centenário – todos estes "eventos" ajudam e muito. Mas por trás desta retomada existe uma questão maior: uma imensa esperança de que a vida seja mais do que este nosso dia-a-dia estressante, às vezes sem sentido, rumo ao fim.
 
Estamos todos condenados à morte ou a vida continua?


O Espiritismo aposta na melhor hipótese e, por isso, mobiliza tanta gente.
 
Você já declarou, algumas vezes, que não é espírita, e que sua abordagem sobre o tema sempre foi do ponto de vista jornalístico. Por conta desse distanciamento, e mesmo por ter partido do "zero conhecimento" para chegar ao que hoje você dispõe, o que você acha que leigos no assunto não deveriam ignorar? Há alguma "descoberta" sobre o Espiritismo que acha que seria bom que todo mundo soubesse?


Nestes 15 anos de pesquisa – e de investigação jornalística - , encontrei fraude e auto-sugestão neste território movediço onde "vivos e mortos" se cruzam, mas deparei também com histórias impressionantes, desconcertantes e inexplicáveis pra mim. Histórias que conto na introdução de "As Vidas de Chico Xavier" e no livro "Por Trás do Véu de Ísis". A conclusão a que cheguei é esta: existe fraude e má-fé sim, mas existem verdades que devem ser encaradas por todos nós – inclusive pela ciência – com mais coragem e menos preconceito.
 
O que o motivou a pesquisar e escrever sobre figuras e temas do Espiritismo?

Foi interesse jornalístico mesmo. A história de Chico é irresistível. Ele escreveu mais de 400 livros, vendeu mais de 20 milhões de exemplares e doou toda a renda dos direitos autorais a instituições beneficentes. "Os livros não me pertencem. Eu não escrevi nada. Eles – os espíritos – escreveram", repetiu ao longo de toda a sua vida, enquanto era atacado, perseguido e até processado. Aos que diziam que mais cedo ou mais tarde ele cairia, desmascarado como fraude, por exemplo, Chico dizia: "Não vou cair porque nunca me levantei". Morreu na cama estreita de seu quarto simples em Uberaba.
 
Como O Livro dos Espíritos marcou a sua pesquisa?


O O Livro dos Espíritos é fundamental para quem quer entender a origem, a lógica e o sentido da Doutrina Espírita. Li e reli várias vezes para conseguir decifrar Chico Xavier. Durante toda a vida ele se dedicou a seguir os principais valores descritos/defendidos no livro de Allan Kardec: a fé na vida depois da morte, o valor da caridade, a importância do trabalho em favor do outro.
 
Você já falou do potencial de Chico Xavier como personagem de uma pesquisa jornalística. E Allan Kardec? Como vê esse "personagem"?


É outro personagem muito forte. Eu resumiria a história dele com poucas palavras: "Ele nasceu Hippolyte Léon Denizard Rivail na França do século 19. Sempre foi cético. Um professor respeitado em seu tempo, discípulo do educador Pestalozzi. Até que mesas começaram a girar e mensagens passaram a chegar de muito longe... Com 54 anos, depois de testemunhar estes fenômenos – batizados de "mesas girantes" -, Rivail mudou de vida e de nome. Tornou-se Allan Kardec para dar voz aos espíritos..." A história de Kardec é a história de uma conversão.
 
O trabalho com o tema Espiritismo modificou sua forma de encarar o mundo/as pessoas/questões relativas à espiritualidade? Você passou a acreditar em algo em que não acreditava antes?


Eu era um "cético absoluto" quando me aproximei de Chico Xavier pela primeira vez. Hoje digo que minha fé "não é consolidada", é cheia de altos e baixos... Às vezes acredito na possibilidade da "vida depois da morte", às vezes duvido totalmente, mas esta nova "posição" já é um avanço para quem não acreditava em absolutamente nada há 15 anos.
 
Qual a sua crença religiosa?

Não tenho nenhuma religião, mas tenho fascínio por este tema: a fé.

_______________________
Fontes: 
http://www.radioboanova.com.br/site/noticias-destaque/filme-sobre-allan-kardec-em-breve
Comunicação Social FEB - http://www.febnet.org.br/blog/geral/divulgacao/comunicacao-social-feb/em-breve-filme-sobre-allan-kardec/
http://www.partidaechegada.com/2012/11/marcel-souto-fala-sobre-kar



Enviado por Geraldo Lemos Neto | Vinha de Luz Editora | Nuno Emanuel
27/01/2013


Exclusivo: Marcel Souto Maior fala sobre a biografia de Allan Kardec
2013-10-10 15:33:22

 

Por Manoel Fernandes Neto
 

Uma nova biografia de Allan Kardec se "materializa" nas livrarias neste mês de outubro e não se trata de nenhum "fenômeno mediúnico". Nem por isso, desprovido de novidade, mesmo Kardec sendo uma personalidade (re) conhecida por espíritas e não-espirítas. O que torna a obra um atrativo é o seu autor: Marcel Souto Maior, jornalista, não-espirita e biógrafo de Chico Xavier, em obra -- entre outras -- que deu origem ao filme sobre o médium brasileiro.

Desta vez, após anos de contato com a Doutrina dos Espíritos e seu Codificador, Souto Maior decidiu que chegara o momento de retratar um personagem que o intrigava. "O que transformou o professor Rivail no missionário Kardec? O que deu a ele tanta certeza sobre a existência e influência dos espíritos? ", idaga o autor.

Nesta entrevista, exclusiva para o portal Nova Era, Marcel fala do livro e dos motivos que o levaram a se interessar pelo assunto:

"O que mais me mobiliza – e me impressiona – no espiritismo não é o fenômeno, sempre sujeito a fraudes, mistificações ou enganos. O que mais admiro no movimento é a rede de solidariedade que ele sustenta e mantém cada vez mais viva e integrada. "

Leia a seguir a integra da entrevista:

Por que você resolveu escrever a biografia de Allan Kardec?

Por interesse jornalístico. Desde que iniciei minhas pesquisas sobre Chico Xavier, há 20 anos, mergulhei também no universo de Kardec – um personagem que sempre me intrigou. Ele se chamava Hippolyte Léon Denizard Rivail e era um professor cético, discípulo do educador Pestalozzi, na França do século 19 até ver mesas girarem, cestos escreveram, adolescentes colocarem no papel mensagens complexas demais para a idade e formação delas...Aos 53 anos, depois de pôr à prova estes fenômenos, ele mudou de vida e de nome para dar voz aos espíritos. O que transformou o professor Rivail no missionário Kardec? O que deu a ele tanta certeza sobre a existência e influência dos espíritos? A biografia – escrita com o máximo de objetividade – é a história desta "conversão". Uma saga pontuada por altos e baixos, surpresas e decepções, fraudes e revelações.

Como foi a pesquisa? Você pode falar um pouco das fontes que você utilizou?

Li, é claro, toda a obra de Kardec – inclusive as obras pedagógicas do professor Rivail – e estudei a fundo todos os exemplares da "Revista Espírita", escrita e publicada por ele ao longo de 12 anos. Esta foi a primeira etapa da pesquisa: um mergulho nas motivações, dúvidas e convicções de Rivail/Kardec. Na segunda fase de investigação, depois de ler os principais livros escritos sobre o Codificador, fiz uma série de viagens a Paris (quatro ao todo) para levantar informações históricas e resgatar artigos e reportagens de jornais e revistas da época sobre – e contra - Kardec e o espiritismo. O acervo de periódicos da Biblioteca Nacional da França me ajudou muito nesta etapa. Meu principal objetivo, como jornalista, foi reconstituir os obstáculos enfrentados por Kardec em sua Marcha contra o Materialismo e os principais ataques sofridos por ele ao longo de sua jornada: perseguições da Imprensa e da Igreja, que chegaram ao auge no Auto-de-Fé de Barcelona.

Você ja tem dois livros com temáticas espírita, mesmo não sendo espirita, o que lhe traz credibilidade. O que falar desses temas e personagens tem mostrado pra você? Fale um pouco deste interesse.

Marcel Souto Maior investiga a vida do codificador da doutrina espírita

Título: Kardec

Subtítulo:  Biografia

Páginas: 322

Edição: 1ª

Tipo de capa: BROCHURA

Editora: Record

Ano: 2013

Assunto: Biografias & Memórias

Idioma: Português

Link submarino

O que mais me mobiliza – e me impressiona – no espiritismo não é o fenômeno, sempre sujeito a fraudes, mistificações ou enganos. O que mais admiro no movimento é a rede de solidariedade que ele sustenta e mantém cada vez mais viva e integrada. Ao mergulhar nas histórias de Chico e de Kardec entrei em contato com os conceitos e práticas que considero os mais relevantes e transformadores da doutrina. "Ajuda o outro e você estará se ajudando", Chico receitava e praticava. "Graças a Deus aprendi a viver apenas com o necessário", dizia. "Fora da caridade não há salvação", decretava Kardec. "Trate o outro como você gostaria de ser tratado", ensinava. O espiritismo aumenta, sim, a responsabilidade de todos nós diante da vida, ao nos tirar do próprio umbigo e nos colocar em contato com o outro. Estas são as principais lições do espiritismo pra mim. Hoje luto para ser menos egoísta e mais tolerante, apesar de não me considerar espírita.

Como você analisa o resultado final desta nova obra "Kardec"?

O livro acaba de sair da gráfica da editora Record - ficou pronto, aliás, em 3 de outubro, dia do aniversário de Rivail - e ainda estou, confesso, sem muito distanciamento para avaliar o resultado final. Encaro o livro como a minha versão da vida e da obra do professor – uma visão jornalística. Espero que os leitores que já conhecem Kardec através de outras biografias – e do estudo de sua obra -, reconheçam Kardec no meu livro e descubram também, em alguns capítulos, novidades sobre os obstáculos que ele enfrentou para organizar e divulgar a "doutrina dos espíritos".

Tem alguma expectativa de como ela será recebida pelo movimento espírita?

Não sei como os espíritas vão receber o livro. É sempre um enigma para mim a reação dos leitores: espíritas ou não-espíritas. Tento sempre escrever o livro mais consistente e independente possível. Como jornalista luto para me ater aos fatos sem fazer juízos de valor. Deixo ao leitor a liberdade - e a responsabilidade - de chegar às próprias conclusões. Cada leitor, espírita ou não-espírita, terá uma leitura diferente do livro, de acordo com sua fé ou falta de fé. Espero apenas que os leitores espíritas reconheçam no livro o Kardec que já conhecem tão bem e encontrem novas respostas – e caminhos – nesta investigação.

Fonte: http://www.novae.inf.br/site/modules.php?name=Conteudo&pid=1997

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

REFLEXÃO ANTE O JULGAMENTO ALHEIO...


> No interior do diamante bruto, escuro e informe, fulgura uma estrela que aguarda ser arrancada a golpes de cinzel e lâminas lapidadoras.
> Não há ninguém que não possua bondade interior. Há, nos refolhos da alma, a presença de Deus como luz coagulada, aguardando os estímulos da fora, a fim de brilhar com alta potência.

> Joanna de Ângelis



Espiritismo Comentado:LINGUAGEM DOS ESPÍRITOS NA PSICOGRAFIA




 
 
Blog: Espiritismo Comentado
Postagem: LINGUAGEM DOS ESPÍRITOS NA PSICOGRAFIA
Link: http://espiritismocomentado.blogspot.com/2012/07/linguagem-dos-espiritos-na-psicografia.html

--
Powered by Blogger
http://www.blogger.com/
Muita Paz.
 
 
 

Blood Money Aborto Legalizado

Estranho achar que grandes centros como Rio,SP,Salvador e BH não terão bilheteria.Nestes centros se tem boa bilheteria para a maiorias dos generos.Acho que a questão,independentemente de regiao,é ter-se mente aberta para ver e refletir e daí gerar opiniao critica.

Vamos assistir independentemente do historico do filme.

Sds,

Trajano
 


Um bombástico filme que estréia nos cinemas em 15 de novembro

Blood Money 

Aborto Legalizado 

 

Atenção! Atenção! Atenção!

Vivemos graves momentos no Brasil, não apenas por causa do elevado nível de corrupção e dos desmandos da política, mas também pela ameaça de legalizarem o aborto. Vivemos sob um governo declaradamente abortista, absolutamente insensível em relação à causa, governo esse que possui uma "base de apoio" que diz amém a tudo o que ele quer, base de apoio essa constituída por senadores e deputados, que só pensam nos seus interesses e conveniências partidárias e pessoais, exatamente os que votarão a questão da legalização do aborto, no Congresso Nacional.

O deputado que tiver a coragem de ser contra o aborto, simplesmente será expulso do seu partido, como expulso foi o gigante Luiz Carlos Bassuma, que abriu mão das vantajosas benesses oferecidas pelo PT, que é quem manda no País, para não vender a sua dignidade e o seu caráter, permanecendo firme na luta pela VIDA, contra um dos crimes mais covardes e cruéis que o ser humano é capaz de praticar, que é o aborto, que assassina criaturinhas indefesas.

Pelas vias do argumento comum do diálogo tem sido impossível convencer os políticos e os formadores de opiniões. Resta-nos então recorrermos aos novos recursos que surgem, como este filme que será exibido no Brasil.

"Blood Money, the business of abortion" é um filme, tipo documentário, que foi produzido e dirigido pelo audacioso cineasta americano, David K. Kyle, que denuncia, bombasticamente, a gigantesca indústria do aborto no mundo, que mostra de forma clara e incontestável o que de fato existe por trás de monstruosa prática, que causa um impacto impressionante em quem o assiste.

O filme foi boicotado nos Estados Unidos pela maioria dos cinemas, mas fez muito sucesso nos poucos onde foi exibido;

Agora vejam o que aconteceu:

O ativista e cineasta cearense, Luiz Eduardo Girão, aquele que fez o filme "Bezerra de Menezes", pioneiro em colocar o Espiritismo no cinema, que apoiou financeiramente o filme "Chico Xavier", que fez "As mãos do Chico", "Area Q" e que também apoiou o "Filme dos Espíritos", audaciosamente foi aos Estados Unidos, comprou os direitos deste filme para o Brasil, bancou com a dublagem e a legendagem e está lançando o filme por aqui.

O título no Brasil é "Blood Money, aborto legalizado".


Quando ele foi levar às distribuidoras de cinema do Brasil, as grandes recusaram, sob a argumentação de que esse tipo de filme não terá bilheteria. Apenas a Europa Filmes aceitou distribuí-lo mas, mesmo assim, para pouquíssimas praças, também sob a mesma argumentação.

Então, pra começar, ele vai ser exibido apenas nas seguintes cidades:

São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Goiânia, Salvador, Recife, Curitiba, Belém e Fortaleza. Mesmo assim em somente um cinema de cada cidade desta.

Mas, por que só nessas cidades?

É exatamente porque a distribuidora simplesmente acredita que não vai ter público.

Ele pediu divulgação na mídia, mas ela, por sua vez, não achou conveniente tratar deste assunto. Pediu à revista VEJA, que também negou. Ele teve que pagar meia página, de propaganda, da referida revista, que é caríssima, para sair na semana de lançamento, o que foi aceito, por se tratar de matéria paga.
 

  A todos peço se possível lote estes cinemas logo na PRIMEIRA SEMANA, o que é fundamental para que o filme vá para outras salas, em outras cidades.

 Temos que fazer a nossa parte. Com esta ação poderemos dar um grande susto nos políticos, em Brasília, porque serão eles que decidirão pelo assassinato de milhões de crianças em nosso País.

 

Estréia dia 15 de novembro

 

Lembremos da máxima: "É por OMISSÃO dos bons, que o mal prolifera".

 

Façamos a nossa parte, porque milhões de crianças nos agradecerão

 

Para maiores informações visite o site do filme

www.bloodmoney.com.br

O Facebook é

www.facebook.com/bloodmoneyofilme



REEDIÇÃO:Terapia Espírita para os Desencarnados/Nilson de Souza Pereira/BELALETRA Editora



 
PEDIDOS:71-3409-8310/11/12/13-LEAL EDITORA
O livro é uma singela homenagem ao amigo Nilson.No dia 26/10, lembramos do seu aniversário e aproveitamos para enviar nossas vibrações de carinho, conforto e paz ao amigo querido . Ele foi Cofundador do C.E Caminho da Redenção e da Mansão do Caminho ,ao lado de Divaldo Pereira Franco,onde dedicou toda a sua vida . A Mansão foi e sempre será modelo de trabalho social, de recuperação,de educação e futuro para muita famílias e que inspira muitas Casas espíritas. Peço aos amigos que conheçam esse singelo trabalho, mas de conteúdo único, gravado na experiência de um grande servidor do Cristo.

Belaletra Editora - TODOS os direitos cedidos à Mansão do Caminho, obra socia l do Centro Espírita Caminho da Redenção (CECR).Preço : R$ 18,00

Pedidos: Mansão do Caminho (leal@mansaodocaminho.com.br) e Belaletra Editora (belaletra@belaletra.com.br)
 
 
 



domingo, 3 de novembro de 2013

sábado, 2 de novembro de 2013

REFLITA SOBRE FINADOS,OU MELHOR,DESENCARNADOS.

Por Manoel Trajano

Saudade sim,dor nao! Apego nao,oracao sempre! Homenagem sim,obsessao nao.A morte é uma passagem de retorno ao verdadeiro lar espiritual e so Deus sabe quando seremos chamados e muitos espiritos,independentemente da forma(natural,motivada por doencas ou violenta).Muitas vezes nós prendemos amigos e familiares no nosso campo energetico,aprisionamos eles atraves dos pensamentos quando deveriamos deixa-los livres para sua recuperacao,assessorada pelos irmaos de luz,pelos amigos e familiares de outras vidas,enfim para o progresso.Nao podemos ser egoistas.Ja tivemos em tantas e tantas vidas muitos pais,maes,filhos,amigos que hoje retornaram em formas diversificadas dentro das nossas constelacoes famliares nos processos reencarnatorios.O fator motivacional é a lei do amor e do perdao.Entao cuidado com seu julgamento ao proximo de hoje,pois amanha voce poderá ser o julgado.

Textos sobre o DIA DE FINADOS em Nosso Blog!

PARA PARTICIPAR DO GRUPO NO YAHOO GRUPOS:
Assinar irmaosdeluz

Desenvolvido por br.groups.yahoo.com