segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Espíritos inquietos

por Flávio Bastos - flaviolgb@terra.com.br

"O que mais preocupa não é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons". (Martin Luther King)

Todos os seres inteligentes que neste planeta reencarnaram, e que atingiram a iluminação espiritual, foram indivíduos que experenciaram níveis de inquietude em relação à verdade que pregavam ou buscavam.

Portanto, a conquista da paz interior que acontece quando nos tornamos indivíduos de bem com a vida, benevolentes e solidários com o outrem, é uma meta alcançada pelo espírito, após este ter percorrido uma árdua e inquieta caminhada existencial, repleta de quedas e erguimentos nos campos da ética e da moral.

O que aconteceu com Siddartha Gautama, mais conhecido como Buda, que atingiu a iluminação após muita inquietação na procura da verdade, é o que pode ocorrer com qualquer indivíduo que busca a sua pacificação interior pela prática do bem e do amor.

Nesse sentido, o Dr. Bezerra de Menezes, um exemplo de dedicação profissional à caridade, deixou-nos um belo texto que remete-nos à reflexão sobre a importância da inquietação espiritual entre nós, espíritos em processo de aprendizagem - e de autoconhecimento - no educandário da vida. É o que veremos à seguir.

"
Filhos, ser espírita é a oportunidade de vivenciar o evangelho em espírito e verdade. O seguidor da doutrina é alguém que caminha sobre o mundo, mais consciente de seus erros que de seus acertos. Por este motivo - pela impossibilidade de conformar os interesses do homem velho com os anseios do homem novo, ele quase sempre deduz que professar a fé espírita não é tarefa fácil. Toda mudança de hábito, principalmente daquele que lhe esteja mais arraigado, impõe à criatura encarnada sacrifícios inomináveis. O rompimento com o "eu" é um parto laborioso, em que, não raro, sem experimentar inúmeras recaídas, o espírito não vem à luz. O importante é que não vos deixeis desalentar. Recorda que, para o trabalho inicial do evangelho, Jesus requisitou doze homens. Talvez o problema maior para os companheiros de ideal que se permitem desanimar ante as fragilidades morais que evidenciam, seja o fato de suporem ser o que ainda não são".

E segue, Bezerra, a sua lúcida avaliação: "Sem dúvida, os que vivem ignorando as próprias necessidades, aparentemente vivem em maior serenidade de quantas dela já tomaram consciência. Não esqueceis, contudo, que a aspiração do melhor é intrínseca à sua natureza - o homem sempre há de querer ser mais. Na condição, pois, de esclarecidos seguidores da doutrina espírita, nunca espereis vos acomodar, desfrutando da paz ilusória dos que não se aprofundam no conhecimento da verdade que liberta. Onde estiverdes, estareis sempre inquietos pelo amanhã. A aflição que Jesus bem-aventurou é aquela que experimenta quem se põe a caminho e não descansa antes de concluir a jornada".

Na lógica da Lei Natural "ninguém é melhor do que ninguém", e conforme referiu-se Jesus Cristo a respeito das caminhadas vitais do espírito imortal: "
A cada um conforme as suas obras". Obras que significam o resultado do que construímos durante as nossas passagens por este planeta. Passagens, muitas vezes, inquietas e cheias de dúvidas e questionamentos a respeito do que buscamos...

No entanto, o "normal" do espírito que ainda persegue a verdade sobre si mesmo e busca o sentido da vida, é a inquietude na direção do imprescindível aprendizado. Somente dessa forma, o indivíduo subirá degraus na escala da consciência e encontrará, então, a tão almejada serenidade que pacifica mentes e corações, como afirma Buda: "
Feliz aquele que vence o egoísmo, alcança a paz, encontra a verdade. A verdade liberta-nos do mal; não há no mundo libertador igual. Confia na verdade, mesmo que não sejais capazes de compreendê-la, mesmo que no começo vos pareça amarga a sua doçura".

 P/ nossa reflexão.
 
Enviado por Maria Luíza/BA

Nenhum comentário:

PARA PARTICIPAR DO GRUPO NO YAHOO GRUPOS:
Assinar irmaosdeluz

Desenvolvido por br.groups.yahoo.com