sábado, 31 de julho de 2010

Mensagens Psicografadas - Poesias de Maria Dolores - recebidas na FEIS 29/07/2010

DEDICO ESTAS MENSAGENS A D.CARMINHA E A TODA EQUIPE DO AMOROSO CENTRO ESPÍRITA MARIA DOLORES,NO BAIRRO DE TORORÓ,SALVADOR-BAHIA.
DIRETAMENTE DA FEIS - FRATERNIDADE ESPÍRITA IRMÃ SCHEILLA-SALVADOR-BAHIA
 
Abraço,
 
Trajano




Duas Poesias
 
 


 

Ao nosso lado!

 

Tempos esquecidos,

Sentimentos idos

Voltam pelos caminhos;

O passado atormentado

Trazendo lado a lado

Adversários e espinhos.

 

Quando nadávamos nos oceanos,

Náufragos dos momentos insanos

Como marinheiros incréus;

Éramos terríveis escultores,

Esculpindo dor e sufocando as flores

Esquecidos dos céus.

 

Depois de tanta dor ver,

Tantas lágrimas e tanto sofrer

Trasbordando nos paióis;

Procuramos pela harmonia,

Colocar na vida alguma poesia

Nova aurora de novos sóis.

 

Embora haja cicatrizes,

Buscamos ser mais felizes

Escolhendo a Luz;

Trocamos o ontem nevoento,

Por melhor sentimento

Na missão junto a Jesus.

 

Aprendemos a plantar o Bem,

Ajudar sem olhar a quem

Viver esse sentimento superior;

Que nos faz amparar os pobrezinhos,

Tratá-los com carinho

Como Jesus nos ensinou.

 

No Espiritismo está à libertação,

Na caridade nossa salvação

Que o Amor eleva;

Ódio e vingança, é um pavor,

Que sempre traz de volta a dor

Dos dias de treva.

 

Se escolhemos nascer, é para lutar,

Reencarnação é nosso novo lar

Podemos ter problemas mil;

Mas, continuemos na boa ação,

Voluntários do bem e da razão

Do Espiritismo no Brasil.

 

São sonhos meus e sonhos teus,

De melhor servirmos a Deus

Vendo o Bem triunfar;

Ás vezes pesada é a Cruz,

Mas ao nosso lado está Jesus

Ensinando-nos a Amar!

 

Maria Dolores

Psicografia recebida na FEIS, na sala mediúnica em 29/07/2010

 

 

 

Operários de Deus!

 

Unidos pelos erros tenebrosos,

Dos nossos passados escabrosos

Damos testemunhos de expiação;

Vivendo na Terra,

Numa verdadeira guerra

Buscando a renovação..

 

O mal foi impostura,

Uma falsa semeadura

Na nossa triste história;

Lembramos à dor,

Dos dias de horror

Gravados na memória.

 

Faltamos com a verdade,

Agimos com iniqüidade,

Era escassa nossa Luz;

Espíritos rancorosos,

Sem perdão, impiedosos

Afastados de Jesus.

 

Mas quando a trombeta soou,

Ao Bem nos convidou.

Unidos às outras mãos;

Saímos para a dor minorar,

Caídos ajudamos a levantar

Como legítimos Cristãos.

 

Amor vamos repartir,

Auxiliar é agir

Para o íntimo clarear;

Educando a consciência,

A Doutrina é nossa ciência

Que faz a alma brilhar!

 

O passado já não fala mais,

Pois escolhemos a Paz

Que a caridade conduz;

Fizemos o que nos diz,

Essa Doutrina Feliz

De Bondade, Amor e Luz!

 

Vamos cultivando amizades,

Em rios de simpatia e felicidades

Transformando até ateus;

Vamos plantando amores,

Nessa poesia de mil cores

A serviço de Deus.

 

 

Maria Dolores

Psicografia recebida na FEIS, na sala mediúnica em 29/07/2010

 


Pesquisa sobre Maria Dolores:

 

*Segundo relato, nosso irmão Humberto conheceu Maria Dolores em Itabuna. Ele ainda jovem e ela já uma senhora.

Maria Dolores, nasceu na cidade de Bonfim de Feira, estado da Bahia, aos 10 de setembro de 1901, viveu em Itabuna e em Salvador. Dedicou-se à poesia e ao jornalismo. Em Salvador assinou a página feminina do Jornal "O Imparcial" durante 13 anos, época em que também lecionava humanidades.

Receando a apreciação da crítica especializada, guardou para si sua obra poética durante muito tempo, segundo confessa no prefácio do livro Ciranda da Vida. Sua primeira obra publicada foi em benefício da instituição "Lar das Meninas Sem Lar", fato esse que propiciou sua entrada no mundo literário.

Maria Dolores Dedicou-se ao amparo das crianças assistidas pela citada instituição, estendeu sua obra benemérita abrigando em seu próprio lar crianças desvalidas, orientando-as e assistindo-as.

A Casa de Juvenal Galeno, no estado do Ceará, também recebeu o carinho e a ternura de Maria Dolores que muito fez pela causa humanitária.

Hoje ela presenteia o mundo com a ternura dos seus ensinamentos simples, em poesias transbordantes de amor e fé.

Em 27 de julho de 1958 Maria Dolores veio a desencarnar e imediatamente passou a trabalhar no mundo espiritual.




--
CAMPANHA INTERNET LIMPA!!
                Evite a ação dos hackers:
Oculte os destinatários dos e-mails usando CCO : com cópia oculta e apague todos os endereços de e-mails por onde a mensagem já passou antes de reenviá-la.

 



Nenhum comentário:

PARA PARTICIPAR DO GRUPO NO YAHOO GRUPOS:
Assinar irmaosdeluz

Desenvolvido por br.groups.yahoo.com