terça-feira, 19 de outubro de 2010

Súplica do Amor de Deus



     Sobre todas estas virtudes, dai-me, Senhor, a graça para que vos ame com todo o meu coração, com toda a minha alma, com todas as minhas forças e com todas as minhas entranhas, assim como vós mandais. Oh toda a minha esperança, toda minha glória, todo meu refúgio e alegria! Oh mais amado dos amados, Esposo florido, Esposo suave, Esposo melífluo! Oh doçura de meu coração, vida de minha alma e descanso alegre de meu espírito! Oh belo e claro dia da eternidade, serena luz de minhas entranhas, paraíso florido de meu coração! Oh amável princípio meu e suma suficiência minha!
     Preparai, meu Deus, preparai, Senhor, uma agradável morada para vós em mim, para que, segundo a promessa de vossa santíssima palavra, venhais a mim e repouseis em mim. Mortificai em mim tudo o que desagrada a vossos olhos e fazei-me homem segundo o vosso coração. Feri, Senhor, o mais íntimo de minha alma com as setas de vosso amor e embriagai-a com o vinho de vossa perfeita caridade.
     Oh Deus de minhas entranhas! Por que não vos dais ao pobre? Enchei os céus e a terra e deixais vazio o meu coração? Se vestis os lírios do campo, cuidais com amor das avezinhas e mantendes os vermes, por que vos esqueceis de mim que de todos me esqueço por vós? "Tarde vos conheci, bondade infinita! Tarde vos amei, beleza tão antiga e tão nova! Triste foi o tempo em que não vos amei, pobre de mim, pois não vos conhecia! Cego que sou, eu não vos via! Estáveis dentro de mim, e eu andava a buscar-vos fora! Embora eu vos tenha encontrado tarde, não permitais, Senhor, por vossa divina clemência, que jamais vos deixe." (Citando Santo Agostinho em suas"Confissões").
São Pedro de Alcântara
(Trecho do "Tratado de Oração e Meditação")
*****

*****
     São Pedro de Alcântara, padroeiro do Brasil, nasceu em 1499, na Espanha, quase divisa com Portugal, na vila de Extremadura de Alcântara, seu nome era Pedro Garavito. Foi grande reformador da Ordem Franciscana, fundando o ramo chamado "da mais estrita observância". Frei Pedro entregou-se aos ofícios humildes, dedicou-se com carinho aos irmãos leigos. Cuidou dos doentes e adotou como lema de sua vida o pensamento de São Pascoal Bailón: "é preciso ter para com Deus um coração de menino, para com o próximo um coração de mãe, e para consigo mesmo um coração de juiz." Frei Pedro de Alcântara, desencarnou em Arenas, Espanha, com 63 anos de idade, no dia 18 de outubro de 1562.

Nenhum comentário:

PARA PARTICIPAR DO GRUPO NO YAHOO GRUPOS:
Assinar irmaosdeluz

Desenvolvido por br.groups.yahoo.com