segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Reflexões sobre a Grande Transição Planetária.



AOS ESPÍRITAS!






REFLEXÕES SOBRE A GRANDE TRANSIÇÃO PLANETÁRIA

Suely Caldas Schubert

 

 

Queridos amigos, estas são reflexões imprescindíveis, que todos nós, espíritas, comprometidos com a divulgação e vivência dos ensinamentos do Espiritismo, necessitamos fazer, compreendendo que  estamos sendo convocados, diretamente, para contribuir com o processo de regeneração da Humanidade. 


Minha proposta aos queridos amigos é a de observarmos mais atentamente a mensagem-revelação do Espírito Órion, contida no livro "Transição Planetária".


Ressaltarei desse capítulo, que é o terceiro, os pontos referentes à convocação que é feita pelo emissário que veio de uma das Pleiâdes   (constelação do Touro), especialmente a nós, espíritas.

Incialmente apresento algumas considerações:

 

O livro "Transição Planetária", a meu ver, é a obra mediúnica mais importante dos últimos tempos, ao abordar o grandioso processo da renovação planetária, conforme está predito, e como isso se realizará, para que a Terra alcance o patamar da regeneração.    


Jesus, no Sermão profético (Mt c.24 e 25; Mc c.13; Lc  21:5-36) fala do "princípio das dores" e da "grande tribulação".


Em "O Livro dos Espíritos", em resposta à questão 1019 proposta por Allan Kardec, o Espírito São Luís elucida, com muita clareza, o que deverá ocorrer para que o bem reine na Terra. Também em "A Gênese", cap. XVIII, Kardec aprofunda os esclarecimentos com relação à grande transformação moral e espiritual do planeta.


Na magnífica obra mediúnica "Há dois mil anos", (FEB, 1939), Emmanuel, através da psicografia de Chico Xavier, relata no cap. VI da segunda parte, intitulado "Alvoradas do reino do Senhor", o discurso de Jesus (texto que divulguei há 3 anos para todos os nossos grupos), quando recepcionava um grupo de mártires sacrificados no circo romano. Segundo Emmanuel, o Mestre fez naquele momento sublime, "a exposição de suas profecias augustas". Nessa importante profecia – recordemos que isto aconteceu há dois mil anos –  encontramos detalhes de como se dará a transição, que ora está em curso.


No ano de 1948, a FEB lança o livro "Caminho, verdade e vida", de Emmanuel/Chico Xavier, em cujo cap.140, intitulado "Para os montes", o autor espiritual tece comentários sobre um dos versículos do Sermão profético, conforme Mt 24:16. O texto é notável pois traça um panorama - àquela época - do que estamos vivendo hoje.


Recentemente, a Mentora Joanna de Ângelis, através de Divaldo Franco, divulga a mensagem intitulada "A Grande transição", (livro Jesus e Vida – LEAL, 2007) excelente esclarecimento sobre o tema que estou enfocando. Interessante assinalar que esta mensagem foi transmitida, penso eu, como preparação para o livro "Transição Planetária", que é o objeto de nossas reflexões.


Todos os textos acima evidenciam que a importante contribuição do querido Benfeitor Manoel Philomeno de Miranda, está doutrinariamente fundamentada nas obras citadas.


A obra "Transição Planetária", traz, portanto, minuciosos esclarecimentos acerca do processo da regeneração do planeta Terra. Sendo assim é imprescindível que todos os que estarão recebendo essas reflexões estejam em dia com a leitura desse livro. E quem já leu releia...


A seguir, observemos o trecho em que Órion esclarece a vinda de milhares de Espíritos da mesma Esfera à qual pertence que, inicialmente, estarão se dirigindo às comunidades espirituais (que são denominadas entre nós de 'colônias espirituais') que estão próximas à Terra, expondo o grandioso programa ,"de forma que, unidos, formemos uma só caravana de laboriosos servidores, atendendo as determinações do Governador terrestre, o Mestre por excelência."


"De todas essas comunidades (colônias espirituais) seguirão grupos espirituais preparados para a disseminação do programa, comunicando-se nas instituições espíritas sérias e convocando os seus membros à divulgação das diretrizes para os novos cometimentos.


Expositores dedicados e médiuns sinceros estarão sendo convocados a participarem de estudos e seminários, para que seja desencadeada uma ação internacional no planeta, convidando as pessoas sérias à contribuição psíquica e moral em favor do novo período."


É importante que leiam todo o capítulo e que atentemos para as advertências que Órion transmite. Claro que os testemunhos acontecerão, como podemos imaginar.


Na parte final da mensagem ele afirma : "O modelo a seguir permanece Jesus, e a nova onda de amor trará de retorno o apostolado, os dias inesquecíveis das perseguições e do martirológio que, na atualidade, terá características diversas, já que não se podem matar impunemente os corpos como no passado..."


Queridos amigos, agora já sabemos.


A sintonia com essa programação depende de cada um, desde que aceite participar. Mas penso que todos estamos, vibratoriamente e honrosamente, engajados nesse nobre propósito.


Como diz Joanna, a  amorável  Benfeitora de todos nós:


"Aclimatados à atmosfera do Evangelho, respiremos o ideal da crença...

E unidos uns aos outros, entre os encarnados e com os desencarnados, sigamos.

Jesus espera: avancemos!

 

(Após a tempestade. cap. 24)--

"Não se preocupe em entender. Viver ultrapassa todo entendimento"   Clarice Lispector




Enviado por Lia Rezak/BA



Nenhum comentário:

PARA PARTICIPAR DO GRUPO NO YAHOO GRUPOS:
Assinar irmaosdeluz

Desenvolvido por br.groups.yahoo.com