domingo, 6 de março de 2011

A DEMOCRACIA POPULAR NO CARNAVAL

Por Manoel Trajano
Engenheiro Civil e de Segurança do Trabalho
Palestrante e Passista Espírita

Flagrei esta cena no Carnaval 2011 na Barra,em Salvador-Bahia e decidi compartilhar com vocês, a democracia da liberdade de expressão religiosa,silenciosa e instigante. Sem revelar a qual instituição pertenciam(assembléia de Deus,Universal,Pentecostal, Católica,etc) um grupo de jovens levantou placas amarelas com passagens da Bíblia Sagrada no meio de uma festa tida por muitos como "do diabo","infernal",de perdição, de loucos,etc. Racionalmente a coisa não é bem assim. Mesmo no Espiritismo vejo radicais evitando,fugindo da festa por motivos parecidos esquecendo da máxima de Jesus que dizia que "a boca fala do que o coração está cheio"então se cerceia 0 livre arbítrio de ninguém pregando algo que não está em livro nenhum, muito menos no Evangelho Segundo Espiritismo.

Mas voltando aos jovens dou valor à liberdade de expressão e manifesto pacífico sem agressão seja da parte deles ou de quem talvez se incomodasse.As pessoas passavam e nada falavam,nem eles. Só se ver na Bahia! Será?

No meio de algum possível perdido é possível a reflexão porque sempre são bemvindas as mensagens de Jesus independente de como chegam, quando chegam ou porque chegam. Nada é por acaso!

Nenhum comentário:

PARA PARTICIPAR DO GRUPO NO YAHOO GRUPOS:
Assinar irmaosdeluz

Desenvolvido por br.groups.yahoo.com