sábado, 29 de outubro de 2011

O MOVIMENTO ESPÍRITA NO SERTÃO DA BAHIA




 www.oconsolador.com.br
ANA MORAES
anateresa.moraes2@gmail.com
Rio de Janeiro, RJ (Brasil)

 
Oswaldo Coutinho:

"A Doutrina Espírita é o farol redentor que iluminará
nossa estrada"

O confrade baiano, autor do livro Artigos de Luz, fala sobre o movimento espírita no Sertão da Bahia e as perspectivas
do XIV Congresso Espírita da Bahia

 

O confrade Oswaldo Coutinho (foto), nascido em Serrinha-BA, onde reside, bacharelando em Serviço Social e trabalhador do Centro Espírita Deus, Cristo e Caridade, situado na mesma cidade, vem desenvolvendo intensa atividade no campo dos estudos doutrinários e da divulgação espírita.

Na presente entrevista, ele nos fala sobre sua experiência na divulgação do Espiritismo na região sisaleira e sobre o XIV Congresso Espírita da Bahia, que se realizará em novembro tendo por tema central "O Primado do Espírito". 
 

Como se tornou espírita? 

Nasci em uma família espírita, em que recebi as primeiras noções básicas na evangelização infantil, havendo depois passado por todos os ciclos dentro da casa espírita. 

Como surgiu o Espiritismo no Sertão da Bahia? 

No início do século XX nasceu na fazenda Retiro, que é um pequeno povoado do município de Biritinga, Bahia, um jovem de nome Lourival da Silva Lima, que aos dezessete anos começou seu desenvolvimento mediúnico na área da vidência, da clarividência e da clariaudiência, quando passou a receber a assistência de um Espírito superior denominado Irmão Estrela. Este o convocou para a instauração do Evangelho do nosso senhor Jesus Cristo no Sertão da Bahia. Na sequência, o Espírito Irmão Estrela, por intermédio da psicofonia de Lourival, convidou um grupo a se reunir na cidade de Serrinha-BA para estudar o Pentateuco Kardequiano. Dentre os que compunham esse grupo destacamos: Aristóteles Damasceno Peixinho, Tenente Melo, Sr. Profeta, Sr. Limeirinha, Sr. Felipe Mira, os quais fundaram na data de 3 de outubro d e 1946 o Centro Espírita Deus, Cristo e Caridade. 

Como anda o movimento espírita em Serrinha? 

O movimento espírita em Serrinha está muito bem fortalecido nas bases kardequianas e a doutrina espírita é bem vista na sociedade serrinhense. O momento é, pois, de muita felicidade e satisfação em ver o Centro consolidado nas bases de Jesus e Kardec. 

Que atividades são realizadas no Centro Espírita Deus, Cristo e Caridade? 

Temos atividades diversas na casa espírita: exposições doutrinárias, atendimento fraterno, reuniões mediúnicas, campanha do quilo e, ainda, o Departamento Assistencial Dr. Adolfo Bezerra de Menezes, que realiza atendimento a dezenas de mulheres grávidas, trabalho esse que reúne várias senhoras que, em trabalho voluntário, se doam para bordar, costurar, e preparar enxovais para os bebês que se preparam para vir ao mundo. 

Como vai a divulgação da Doutrina Espírita no Sertão Baiano? 

Esse trabalho vai muito bem. No meu caso pessoal, sempre que convidado, viajamos a algumas cidades vizinhas para ministrar seminários e proferir palestras, fortalecendo desse modo a mensagem de Jesus na Terra. Também atuamos na divulgação por meio de artigos publicados em revistas e jornais como O Imortal, O Consolador, o Jornal Espírita de Uberaba e o jornal espírita Correio Fraterno. Enviamos também artigos para essas cidades por intermédio da internet, como uma forma adicional de divulgação. Temos, ainda, participado de forma efetiva do Conselho Regional (CR06), que vem realizando bom trabalho na divulgação da Doutrina Espírita. 

Qual a sua proposta ao escrever o livro Artigos de Luz? 

Artigos de Luz é uma proposta que minha amiga e mentora espiritual Maria da Glória me inspirou para que escrevêssemos algo a respeito dos valores nobres da vida e também de passagens da vida de Jesus, como forma de contribuir para a transformação moral do planeta. A partir daí, sempre que sentimos sua presença e captamos seus pensamentos, transcrevemo-los por meio da psicografia consciente, para posterior publicação. 

Em seu modo de ver, qual deve ser a atitude dos dirigentes espíritas relativamente a essa enxurrada de obras mediúnicas de origem duvidosa que têm infestado o mercado de publicações espíritas nos últimos anos? 

O dirigente espírita tem que realizar sempre uma análise criteriosa. Não podemos ignorar as diretrizes seguras de Jesus e Kardec expostas em obras respeitáveis como, por exemplo, os livros de Emmanuel, André Luiz, Yvonne do Amaral Pereira e Divaldo Franco.  

Quais as expectativas para o XIV Congresso Espírita da Bahia, programado para os dias 3 a 6 de novembro próximo? 

As expectativas são as melhores possíveis. O tema central – O Primado do Espírito – escolhido pela equipe juntamente com o diretor-presidente, Dr. André Luiz Peixinho, foi de muita felicidade porque nos convida a pensarmo-nos como Espíritos que ora estagiamos em um corpo físico para logo mais voltarmos às nossas origens espirituais.  

Quais as presenças confirmadas no Congresso? 

Divaldo Pereira Franco, Alberto Almeida, Ruth Brasil Mesquita, André Luiz Peixinho, Marcel Mariano e muitos outros. 

Suas palavras finais. 

Gostaríamos de agradecer a oportunidade de dizer que Jesus é a nossa meta a seguir e a alcançar e que a Doutrina Espírita é o farol redentor que iluminará nossa estrada. Lembramos, por fim, que todos nós temos compromissos assumidos com o Mestre, pelo qual devemos procurar cada vez mais nossa plenitude e nossa edificação em busca da grande luz.



 

 






--

Nenhum comentário:

PARA PARTICIPAR DO GRUPO NO YAHOO GRUPOS:
Assinar irmaosdeluz

Desenvolvido por br.groups.yahoo.com