terça-feira, 2 de dezembro de 2014

COMO SABER


*_COMO SABER_*
*
*
*/Até a criança se dá a conhecer pelas suas ações, se o que faz é puro e
reto. (Pv. 20:11)/*
O que existe internamente anuncia aos que observam de fora.
Podemos conhecer a própria criança pelas suas reações, na conjuntura do
bem ou nos seus regalos no mal.
Os frutos bons não podem surgir de árvores más; a vida é uma eterna
semeadura; pelo plantio podemos saber o que vamos colher.
Torcer a verdade é ilusão que faz sofrer o iludido.
Mesmo uma criança na carne é ciente do bem e do mal; se ainda não tem
maturidade, pende para o indesejado; se o amor já visitou o seu coração,
por vezes sofre, mas não esquece a caridade.
Jesus oferta a todos o ensejo de andar com Ele; pense nisto!
Observe o que faz no percurso do dia, e, se existe o que consertar, faça
logo, antes que enraízem no coração trevas de difícil reparo.
Repare quantas testemunhas espirituais existem em torno de você.
Se elas ficassem visíveis, lhes tolheriam o livre arbítrio.
A razão deve reconhecer os caminhos a percorrer pela alma, que oferta
tranquilidade à consciência.
Analise os outros no silêncio, observe o que eles fazem de bom, para
fazer o mesmo.
Esqueça o contrário, ore por eles pelas lições recebidas.
Lembre-se que a vida é composta de trocas de valores no céu da alma.
Não perca a oportunidade de ajustar a criança, enquanto criança, e
escreva no livro da sua mente, com o lápis do exemplo, o amor e suas
divisões, para que ela não perca o caminho da retidão.
Se até a criança se dá a conhecer pelo que faz, e o adulto?
Procure estudar a si mesmo e conhecer a sua própria vida, que no amanhã
irá encontrar-se a si mesmo e, se não cuidou de como viver feliz, a
culpa será somente sua.
Esforce-se todos os dias um pouco na cultura e no amor, e não deixe de
se esforçar na aquisição da sabedoria e da disciplina, que esse trabalho
produz sementes de Deus para a luz do seu bem.
Todos somos crianças no que se refere aos benfeitores espirituais, mas,
conscientes do bem e do mal.
Conjuguemos o verbo amar, nas linhas da benevolência, que passaremos a
sentir Deus no comando da consciência, falando com o Cristo a nosso
favor e escutaremos como crianças, porém, já descobertas para as claridades.

*(De "Gotas de Verdade", de João Nunes Maia, pelo Espírito Carlos)*

   
 

.


Nenhum comentário:

PARA PARTICIPAR DO GRUPO NO YAHOO GRUPOS:
Assinar irmaosdeluz

Desenvolvido por br.groups.yahoo.com