quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

SOBRE GARIS E A ESPIRITUALIDADE

Gari e Margarida

"A maioria dos brasileiros – e até mesmo muitos dos que trabalham no setor – desconhecem como eles, os garis, foram incorporados ao dia-a-dia pela população. Mas essa dúvida termina quando é preciso identificar um coletor, que remove o lixo, ou uma varredora, que limpa as ruas. Aí é só chamar o gari ou a margarida e tudo se resolve. [...]


A palavra gari vem do nome de Pedro Aleixo Gari que, durante o Império, assinou com a Corte brasileira o primeiro contrato de limpeza urbana no Brasil. Aleixo costumava reunir no Rio de Janeiro, cidade onde morava, funcionários para limpar as ruas após a passagem de cavalos, o que nessa época era muito comum.(*)
Os cariocas se acostumaram com esse trabalho e sempre mandavam chamar a "turma do Gari" para executá-lo. Aos poucos e de tanto repeti-lo, a população da cidade associou o sobrenome de Aleixo Gari aos funcionários que cuidam da limpeza das ruas. Assim, o nome gari se espalhou para o restante do País.

Em homenagem a ele a Comlurb mantém em Campo Grande, no Rio de Janeiro, uma fábrica de utensílio para limpeza urbana que leva o nome de fábrica Aleixo Gari."

Já Margarida foi assim:

"No início da década de 70, havia carência de mão-de-obra masculina em São Paulo para serviços de varrição, já que os melhores profissionais eram requisitados pelas empresas responsáveis pela construção do metrô. Naquela época, o então gerente da filial Piracicaba, José Mauro Porto, foi designado pela diretoria de Operações da VEGA para incluir as mulheres no serviço de limpeza pública.

A experiência pioneira foi feita com absoluto sucesso e, logo em seguida, repetida em outras regiões, na Capital. Antes mesmo de o teste ser feito em São Paulo, havia uma preocupação em encontrar um nome popular que servisse de alternativa aos já tradicionais, como varredora e servente.

Pensou-se na cor branca, que é sinônimo de limpeza, e na flor, que representa a mulher. Imediatamente, margarida foi considerada o mais adequado, inclusive porque nesse nome está contida a palavra gari. Dias depois, a mídia e a sociedade em geral aceitaram – e elogiaram – o ingresso da mulher na nova atividade profissional junto com seu apelido de trabalho.

E assim surgiram os apelidos Gari e Margarida. Só para acrescentar, também é comum chamar as mulheres de Gari, sendo Margarida um termo até que desconhecido da maioria das pessoas.

O dia do Gari é 16 de maio.

(*) GRIFO PESSOAL - MANOEL TRAJANO




Fonte: http://www.bodegacultural.com/2010/01/gari-e-margarida.html



SOBRE GARIS E ESPIRITUALIDADE



Foto: internet


Por Manoel Trajano

É até compreensível mas não justificável o último fato ocorrido envolvendo declarações precocneituosas e depreciativas em torno desse profissional,que como qualquer um no Brasil merece respeito,até mesmo mais do que aqueles que são chamados profissionais sem ter carteira de trabalho assinada,não por falta de conhecimento mas por ignorância,ou praticantes de esportes chamados"profissionais",que ao meu ver são aqueles que recebem cursos,treinamentos,formações acadêmicas ou técnicas. Mas isso não vem ao caso aqui....

Com relação ao compreensível,cito porque é da índole humana em seu lado mais obscuro,criar aversão ao que eliminamos seja pelas vias naturais do corpo humano(urina,fezes) ou artificiais,como o esgoto.Até mesmo no Feng Shui há orientações sobre manter tampas de vaso e ralos fechados devido ao contato visual e olfativo com o que é eliminado.

O mesmo vale para o lixo. Trata-se do que eliminamos. Não nos interessa mais. Não tem volta para nossa utilidade,embora hoje se comprove que quase tudo pode ser reaproveitado. Além dos conhecidos materiais recicláveis tais como metal,vidro,plástico,papel (sem matéria orgânica eliminada nem hospitalares),estando limpos,lavados podem ser destinados a usinas de reciclagem que suprem as necessidades de renda daqueles que viviam antes como bandameiros,em condições subhumanas e que ainda insistimos em não contribuir,mas reclamamos da sujeira,das pestes,das doenças e por aí vai...

A questão com os garis por parte de algumas pessoas nos leva a crer que trata-se de integrar o lixo ao lixeiro.Tapamos o nariz,cuspimos e o que é pior,muitas vezes na vista do profissional da limpeza. Eles ganham na sua maioria 2 salários mínimos e recebem adicional de insalubridade máxima de 40% em cima do salario minimo (NR-15-Portaria 3214/78 do Ministério do Trabalho,veja mais em meu site http://trajanoengseg.blogspot.com/). Esse adicional é uma cobertura compensatória porque todos os riscos envolvidos a sua saúde nunca são completamente eliminados. Trata-se de uma profissão simples,humilde mas de muita responsabilidade.Levar o que excretamos,eliminamos e detestamos ver,pegar e sentir:nossa sujeira de cada dia.E ainda insistimos em jogar lixo nas praias,nas ruas,nas estradas...

Eles mantem nossas ruas limpas tambem,das folhas que caem,da areia que vai para as pistas,da terra que a chuva arrasta.Trabalham nas encostas prevenindo acidentes trágicos juntamente com a Defesa Civil,limpam as escadarias,desobstruem vias pluviais e ainda salvam vidas. Sim,salvam vidas. Uma vez um gari achou um cidadão caído num buraco escondido no meio do mato de um canteiro urbano em Salvador.O homem foi levado às pressas para o HGE e sobreviveu,apesar das fraturas e hemorragias.Os garis encontram malas de dinheiro e devolvem a quem de direito que só Deus sabe se repassa ao dono,ou divide entre si.

Um ambiente limpo é um ambiente espiritualmente equilibrado,puro,harmonizado,prazeiroso.No que se refere a Espiritualidade existem os chamados garis espirituais que limpam as sujeiras energéticas oriundas de energias deletérias que ficam nos cantos das salas de mediúnica e tem um papel importantissimo na manutenção do equilibrio do ambiente.

Temos um lado nosso que precisa ser reformado e alinhado.Esse nosso conceito de eliminação. Na natureza tudo é aproveitado,até quando morremos sejamos enterrados ou cremados,nossa decomposição ou cinzas voltam para a Natureza e continuam o ciclo da vida,queiramos ou não.Temos que passar a encarar todos os irmãos como Espíritos,respeitar os animais,as árvores,os mares,os rios,tudo faz parte da Vida.

Deixa disso,gente,pelo amor de Deus.Preconceito e desrespeito não levam a nada....

Paz e Luz!






Nenhum comentário:

PARA PARTICIPAR DO GRUPO NO YAHOO GRUPOS:
Assinar irmaosdeluz

Desenvolvido por br.groups.yahoo.com