terça-feira, 6 de abril de 2010

P/ reflexão: A tal senha do Chico





Comnetario que enviei a Alamar:
 
"Não entendi a passagem "Se vem por Medrado, também querido pelo Chico, não tem valor, porque dizem que o Chico não suportava médiuns da Bahia e por isto não tem a senha." não vejo o menor fundamento nisso,nunca vi isso em minha vida,meu estudo e acho tamanho preconceito haja vista o que se prega nos textos deste remetente. Acho esse negocio de senha algo sem nenhum embasamento para discutir-se hoje... Uma pessoa de tamanha moral elevada como Chico Xavier gostar ou nao gostar de fulano e beltrano..tsc tsc...vamos nos ater a assuntos mais sérios."
 
Sinceramente nao gosto das abordagens dele,muitas vezes radicais e agressivas,para nao dizer preconceituosas.
 
Isso infelizmente existe em varias religioes,crenças e pensamentos espiritualistas ou nao...fator humano.;..
 


 




PARA REFLEXÃO E TALVEZ DEBATE.
 
BJS., LÚ.













De: Alamar Régis Carvalho

Para: Maria Da Graça

Assunto: A tal senha do  Chico

Graça: Dizem que o Chico deixou uma senha, para identificar as suas mensagens. Será que não deixou também um cartão magnético, para alguns privilegiados? Será que tem sentido? 

Evangelhão e Espiritão

É uma maravilha fazer algo que as pessoas adoram

 

Tudo o que realizamos, nos faz feliz. Mas quando realizamos algo, que todas as pessoas que tem acesso, retornam dizendo que ADORARAM, que acharam maravilhosa a qualidade e a iniciativa em geral, aí essa felicidade se torna gigantesca e emocionante.

Assim aconteceu com o "Evangelhão" e o "Espiritão", coloridos, em nova tradução, em linguagem fácil e simples, que eu tive o prazer de fazer e oferecer aos amigos. Principalmente pessoas idosas, por conta das letras grandes e bem destacadas.

Até as crianças estão gostando, por causa das cores.

 

Estarei em Fortaleza, dias 15 e 16 de maio: A convite dos queridos amigos da Federação Espírita do Ceará, estarei em Fortaleza, e quero avisar, aqui, aos meus amigos: No dia 15, na parte da tarde, terei um encontro com os presidentes das UDEs e das AREs e coordenadores de divulgação do movimento espírita cearense. No dia 16 teremos um evento na parte da manhã e outro na parte da tarde, que serão palestras e exposições voltadas a dirigentes, monitores de ESDE, da Infância e Juventude e monitores dos grupos de estudo, divulgadores espíritas e trabalhadores em geral. Em ambos os períodos teremos debates, com perguntas e respostas, com tempo suficiente para que troquemos idéias, a vontade. Eu adoro, assim. Outros amigos querem que eu aproveite a estada, na cidade, para exposições em seus centros, mas não fechamos ainda, com esses, as datas e horários, que serão divulgados depois

Agora em abril, estarei em Brasília, no Congresso  - Mas não é como expositor.

Em outubro, estarei novamente no Espírito Santo  - Para várias palestras em algumas cidades.

E novembro, estarei em Salvador, também matando saudades - Em palestra no aniversário do Centro espírita dirigido por Veloso.

 

 

A tal senha do Chico

 

Afinal de contas, o Chico Xavier teria deixado mesmo alguma senha, para identificar a autenticidade das suas mensagens, depois de desencarnado?

 

Não quero colocar-me aqui, inicialmente, entre aqueles que defendem a idéia de que o Chico deixou senha e nem como quem defende a idéia de que não teria sentido ele ter deixado senha nenhuma, para que a matéria não fique identificada com parcial, de um lado ou de outro, querendo convencer o leitor, do meu ponto de vista pessoal.

Quero tecer algumas considerações, para que VOCÊ tire as suas conclusões, no saudável uso da sua inteligência.

Adoro ser espírita não dogmático, porque não suporto esse negócio do "tem que ser assim", "não pode ser assim, de jeito nenhum", "Se o Emmanuel disse, tem que ser obedecido", "André Luiz escreveu assim, e assim tem que ser", "Joanna coloca assim e eu tenho que ensinar assim".

Não me admito como espírita medíocre. Sei muito bem que, por mais respeitáveis que sejam os Benfeitores Espirituais, com certeza eles querem que sejamos racionais e não dogmáticos.

Portanto, peço a gentileza de acompanhar o meu raciocínio, pra ver se tem alguma lógica:

 

Será que, paralelamente a esse movimento maravilhoso que está havendo aí, por parte dos NÃO ESPÍRITAS, para divulgarem o Espiritismo, pegando como referência a obra do Chico, não está acontecendo uma onda de donos do Chico Xavier?

"Só eu posso autenticar o que é e o que não é de autoria do espírito Chico Xavier"

 

Analisemos bem:

  • Uma mensagem vinda através da mediunidade abençoada do companheiro Celso Afonso, homem bom, carinhoso, honesto, possuidor da mais elevada dignidade, que teve uma vida ao lado do Chico Xavier, não é de autoria do Chico, porque não teria a tal senha.
     

  • Mensagem vinda através do Carlos Bacelli, também um homem bom e digno, que viveu ao lado do Chico, também não tem autenticidade nenhuma, porque não tem a senha.
     

  • Se vem através do Ariston Santana Telles, também um homem bom e de princípios morais elevados, também querido pelo Chico, em vida encarnada, não tem autenticidade, porque também não tem a senha.
     

  • Se vem pelo Divaldo, que dispensa comentários, um homem que tem uma vida constituída de exemplos edificantes e dignidade moral a toda prova, também não tem autenticidade, porque alguns querem insistir que o Chico era brigado com ele e, portanto, não tem a senha.
     

  • Se vem pelo Raul Teixeira, também médium notável e respeitável pela coerência e pela lógica como disserta sobre o Espiritismo, também não é autêntica, porque não tem a tal senha. Há quem diga que o Chico não gostava dele também.

  • Se vem por Medrado, também querido pelo Chico, não tem valor, porque dizem que o Chico não suportava médiuns da Bahia e por isto não tem a senha.
     

  • Se vem por médiuns do "Centro Espírita Perseverança" ou pelo "Centro Espírita União", casas que o Chico tinha afinidade nos tempos em que freqüentava São Paulo, também não tem autenticidade, porque não tem a tal senha.
     

  • Se vem pela instituição da Dra. Marlene Nobre, sua amiga pessoal, sempre carinhosa para com ele, desde os tempos do Freitas Nobre, também não tem valor nenhum, porque não tem a tal senha.
     

  • Enfim, mensagem nenhuma que vier identificando-se como sendo o Chico, não tem valor nenhum, se não tiver a tal senha.

Não importa o seu conteúdo, não importa se é edificante, não importa se é fruto bom, como ensinou Jesus, não importa se passa pelo crivo de coerência com os postulados espíritas... Se não tiver a tal senha, deve ser jogada no lixo.

A orientação da doutrina, que diz que as mensagens devem ser consideradas pelo nível do seu conteúdo e não pelo nome que as assina, não vale nada.

 

Repito que não quero impor ponto de vista pessoal, mas pergunto a você: Tem sentido mesmo, uma coisa desta?

 

Será mesmo que o Chico Xavier passou a não gostar do Celso, do Ariston, do Bacelli, do Divaldo, do Raul, do Medrado, da Marlene, da Dona Guiomar Albanese, do casal Francisco e Nena Galves, da Marlene Nobre e de mais ninguém?

Tem sentido isto?

Então, quer dizer que o amor incondicional que ele sempre demonstrou ter, por todas as criaturas, era um engodo? Ele não era nada daquilo que pregou, já que desencarnou indisposto com um monte de gente, inclusive com pessoas que sempre o trataram com carinho, afeto e respeito, como todos esses que eu coloquei na relação?

O homem foi paciente com todos aqueles que o agrediram em vida, inclusive com o David Nasser, autor das maiores ofensas contra a sua moral, responsável por campanha nacional de desmoralização, através da revista "O Cruzeiro". Ele perdoou o famoso e poderoso jornalista, não guardou mágoas contra ele e viveu a vida inteira dando exemplos disto.

Que diabos teriam feito o Celso, o Bacelli, o Divaldo, o Ariston e todos esses citados, contra ele, a ponto dele desencarnar indisposto contra todos eles, para fazer uma coisa desta?   

Usemos o bom senso, gente, você acredita que isto seria possível?

Usemos o bom senso, novamente, carregado de lógica:

O homem passou a vida inteira, desde criança, em intercâmbio permanente com o mundo espiritual, na prática mediúnica. Gostava disto, se sentia bem fazendo isto, dizia para todo mundo que a maior felicidade da sua vida era fazer isto, foi visto por inúmeras pessoas, amigos e até desafetos, fazendo isto.

Ao desencarnar, deixa de gostar disto?

Pelo que sei, a doutrina que ele tanto fez questão de ser tão fiel, nos ensina que quando o espírito desencarna, continua sendo exatamente a mesma pessoa, com os mesmos gostos, as mesmas afinidades, as mesmas tendências as mesmas inclinações, boas ou más, os mesmos vícios assim como os mesmos hábitos bons ou ruins, que tinha quando encarnado.

Por que o Chico Xavier teria mudado?

Será que, na Espiritualidade, ele estaria cansado, sentado à direita de Deus Pai, todo Poderoso, na mais absoluta ociosidade, vivendo aquele modelo que ensina o religiosismo tradicional?

Será que ele não poderia dar continuidade ao seu trabalho, porque a deficiência dos olhos doentes e a velha angina continuam não lhe dando condições físicas para tal?

Afinal de contas, os órgãos carnais desgastados, que tanto o incomodaram, seguiram com ele ou ficaram depositados no túmulo de Uberaba?

Segundo o Espiritismo, o que é que se comunica conosco, o espírito ou o corpo carnal perecível?

Não é estranho demais?

Alguém, de bom senso, que conhece o Chico, consegue concebê-lo ocioso?

Ou estará lá no túmulo, esperando a chegada do Juízo Final?

Era só o que faltava.

Comparemos:

 

Desencarnou, anteontem, o jornalista Armando Nogueira, que todo mundo sabe foi um apaixonado por futebol, respirava futebol, apaixonado pelo Botafogo, tinha tanto apego ao futebol, que havia pedido, em vida, que, quando desencarnasse, velassem o corpo dele no Maracanã, o que foi obedecido pela família e amigos.

Cabe na cabeça de alguém, que esse espírito, que certamente vai "acordar" logo, vai passar anos, talvez décadas, sem querer saber nada mais sobre futebol, esquecer que o seu Botafogo existiu, distanciando-se totalmente desse amor da sua vida?

 

Voltemos, ao nosso Chico, então, e perguntemos, dentro da mesma linha de raciocínio:

Será que ele passou a não gostar mais de centros espíritas e do Espiritismo?

Os espíritas podem se estranhar entre si, pode se tratar mal uns aos outros, mas, em relação ao Chico Xavier, creio que todos os centros espíritas, do Brasil, com raríssimas exceções daquele pequeno e insignificante grupo que acha que ele implantou catolicismo dentro do espiritismo, são unânimes e o fazem referência, com todo carinho, respeito e gratidão.

Ele, que sempre foi tão amoroso e carinhoso, deixaria de reconhecer tudo isto?

 

TEM QUE TER A SENHA!!!!!!

 

Então seriam mentirosas as declarações do ator Nelson Xavier, que antes era ateu e agora se diz transformado, sentindo permanentemente a presença dele, em todos os sets de gravação? Cadê a senha, Nelson, pra gente saber se era ele mesmo?

Será que o Chico seria frio, insensível, indiferente e omisso em relação a todo esse processo de divulgação da doutrina, pelos meios de comunicação de massa, não estando nem aí, porque decidira ficar parado no trabalho espírita?

Um idiota espírita me passou um e-mail, protestando pela campanha que estou fazendo pelo filme e pelo que a Globo está promovendo, sob a alegação de que "O Chico, COM CERTEZA, não está gostando nada disto".

Gente, tem cabimento uma coisa desta?

Chico sempre foi muito bem humorado, nunca brigou ou se aborreceu com ninguém que o tratasse com carinho, apenas fazia questão de reafirmar que a obra era dos espíritos e não dele.

Será que não está havendo palhaçada demais, em cima do nome do nosso maior médium?

Esse cidadão que está aí, aparecendo na imprensa como filho dele, o Eurípedes Higino, com todo respeito que nos merece, tem alguma coisa nos seus exemplos de vida, de comportamento, de tratamento ao seu próximo, de vivência espírita e de afinidade com o Espiritismo que chegue pelo menos perto da unha do pé do Chico?

Desculpem-me, fazer esta pergunta, mas eu gostaria de ter uma resposta do pessoal que mora em Uberaba e que o conhecem de perto, porque não tenho o direito de avaliar e muito menos julgar quem quer que seja.

Pelo que sou informado, e muita gente no Brasil sabe muito bem, é que o Eurípedes, com aquele humor "maravilhoso" que tem, não gosta de ninguém, tem raiva e até ódio dos mais destacados trabalhadores espíritas do nosso país e até ameaçou difamar confrades para todo o País.

Será que ele não está tentando formar uma cultura, para a posteridade, que o Chico Xavier foi uma criatura que teve o mesmo nível espiritual dele?   

Será esse cidadão é mais espírita do que Celso, Bacelli, Heigorina, Tadeu, meu querido amigo João Cuhin e inúmeros outros que dignificam a nossa doutrina naquela região mineira?

Gente. É preciso que formemos conclusão sobre esta questão de senha e do Chico estar trabalhando ou não, com base em raciocínios lógicos e profundos e não na opinião de ninguém, inclusive na minha.

Eu não quis dar opinião no início do artigo, mas aqui no final eu dou:

Sinceramente, acho essa conversa de senha uma tremenda bobagem.

Que é possível aparecer um monte de "médiuns" aí, dizendo que estão recebendo Chico a torto e a direita, isto não resta a menor dúvida, assim como existem inúmeros que dizem receber o doutor Bezerra, Erastos, a mãe de Jesus, São Francisco, São Tomás de Aquino e talvez até o próprio Jesus, em mensagens lastimáveis. É claro que já estamos todos atentos a isto e nem todo mundo é besta a ponto de se deixar levar por qualquer comunicaçãozinha, sob a argumentação que é do espírito A ou B.

Mas o Espiritismo já nos ensina isto, porque está lá em "O Livro dos Médiuns", como devemos nos comportar, em relação a comunicações mediúnicas.

Será que o Chico não sabia disto, na hora de estabelecer essa tal senha?

Cabe na cabeça de quem, tantas tolices que inventam nesse movimento, para que as pessoas as absorvam, como se fossem verdades?

Já não bastou a bobagem da barata na sopa?

É por isto que, repetidamente, digo em meus emails: O maior problema do nosso movimento espírita é a disposição que muitos têm em achar que todo mundo é besta.

 

Em nome do pai, do filho e do espírito santo. Amém.

  

Carinhosamente.  

 

Alamar Régis Carvalho

alamar@redevisao.net

www.redevisao.net   

      

Ah, tem outra coisa: Você, que gosta do Alamar, dê uma entradinha em nosso site: www.redevisao.net bote o seu e-mail lá, na opção QUERO SABER MINHA SENHA, pegue uma senha, e atualize os seus dados no nosso banco de dados. É que eu me correspondo com muita gente, nunca mais fiz estatística, e gostaria de saber um pouco mais o perfil do público atual, com o qual me correspondo. Se você recebe e-mail meu, com certeza tem registro seu lá e uma senha existe. Basta botar o e-mail, que ela segue, também por e-mail, na hora.

 

Alamar Régis Carvalho - Analista de Sistemas - E-mail: alamar@redevisao.net  orkut: "alamarregis"  www.redevisao.net


 

Nenhum comentário:

PARA PARTICIPAR DO GRUPO NO YAHOO GRUPOS:
Assinar irmaosdeluz

Desenvolvido por br.groups.yahoo.com